Sem Aguero e liderado por  Iheanacho: o raio-x do City para o dérbi de Manchester

Atacante argentino foi suspenso pela federação inglesa por cotovelada no zagueiro do West Ham e desfalca o City. Raio X apresenta a importância de cada jogador do City no clássico de logo mais

Sem Aguero e liderado por  Iheanacho: o raio-x do City para o dérbi de Manchester
(Foto: Getty Images)

O Manchester City não deve ter novidades para a disputa do derby contra o grande rival Manchester United neste sábado(10), em jogo que marca o reencontro de Guardiola com José Mourinho, antigos rivais na Espanha, hoje são grandes rivais e postulantes ao título da Premier League. Apresentaremos um raio-x de cada jogador dos Citizens, destacando a importância de cada um no campo de jogo e como cada um deles pode ser decisivo no confronto de logo mais.

Provável escalação: Bravo, Zabaleta, Stones, Otamendi, Clichy; Fernandinho, David Silva, Kevin de Bruyne; Sterling, Nolito, Iheanacho.

CLAUDIO BRAVO: Contratado recentemente junto ao Barcelona, o goleiro chileno vem para suprir a saída de Joe Hart que foi emprestado para o Torino da Itália. Terá uma disputa individual com o argentino Caballero para ser titular da meta do Manchester City, mas sua experiência em um grande clube como o Barcelona e dois títulos da Copa América pelo Chile lhe traz uma grande vantagem.

PABLO ZABALETA: O argentino é mais um exemplo de quem tem grande concorrência na disputa por uma posição no time. Apesar disso, o argentino sai na frente de Sagna e terá a função de não só apoiar Sterling lá na frente como de ajudar o brasileir Fernandinho no meio de campo. A tendência é que tanto defensivamente quanto ofensivamente, Zabaleta explore mais o meio de campo.

JOHN STONES: Contratado junto ao Everton, o jovem zagueiro inglês já assumiu a titularidade na zaga dos Citizens e fez com que jogadores como Mangala fossem descartados pelos dirigentes do Manchester City, além disso é uma boa opção nas bolas áereas.

NICOLAS OTAMENDI: Zagueiro que passa a segurança que um jovem zagueiro como John Stones precisa. Além de ser uma ótima arma para o City sair jogando com os pés como Guardiola deseja, Otamendi mostrou que pode ser uma grande arma ofensiva ao marcar pela Argentina no último jogo das eliminatórias da Copa do Mundo.

GAEL CLICHY: Será uma peça fundamental junto ao Zabaleta para dar suporte a Fernandinho no meio campo e fazer com que meias como David Silva e De Bruyne possam ter liberdade para sair jogando.

FERNANDINHO: O volante brasileiro tem a característica de um segundo volante que sai bastante para o jogo, mas a tendência é que ele fique mais preso junto aos laterais para que os meias da equipe tenham liberdade para atacar.

DAVID SILVA: Vive grande fase tanto pelo seu clube quanto pela sua seleção. Autor de dois gols na última vitória da Espanha, pode ser um ponto de desequilibrio no derby, mas a dúvida é como o espanhol vai lidar com Iheanacho no ataque em vez de Aguero.

KEVIN DE BRUYNE: Tudo passa pelos pés do belga, uma má atuação dele pode influenciar no restante da equipe, então podemos determinar que ele é principal ponto de equilibrio da equipe. Com os laterais mais presos na defesa, a tendência é que De Bruyne tenha liberdade para atacar.

RAHEEM STERLING: Tem sido um destaque positivo da equipe após lidar com várias críticas. Tem feito um grande papel de infiltração pelo meio do ataque e daí tem surgido muitos gols para a equipe do City. Sterling vem de dois gols na vitória de 3 a 1 sobre o West Ham e deve dar trabalho para Luke Shaw

NOLITO: Tem desemepenhado o mesmo papel de Sterling mas pelo outro do campo. Joga bem aberto para abrir espaço para David Silva se infiltrar pela zaga adversária. Já tem dois gols no campeonato e pode ser decisivo no derby.

KELECHI IHEANACHO: O jovem atacante nigeriano tem a dificil missão de substituir Aguero no time dos Citizens. Tem como características especiais a explosão e velocidade.

Além dos titulares, a equipe do Manchester City também pode contar com o winger Jesus Navas no banco de reservas, caso Sterling ou Nolito não estejam rendendo no jogo ou pode trocar um de seus meias para a entrada de Delph, que tem boa saída para o ataque e ajuda bastante na defesa.

Para o setor defensivo, o City terá a opção de deixar Kolarov no banco. O lateral-esquerdo tem jogado muitas vezes como zagueiro por conta de sua altura e é uma opção para anular Ibrahimovic nas bolas áereas, por isso que sua escalação no jogo é possivel no lugar de Clichy que vem jogando os últimos jogos.