De virada, Liverpool bate Swansea e assume vice-liderança provisória da Premier League

Swans começaram bem, marcando um gol e tendo outras duas chances de ampliar, mas Reds, no segundo tempo, conseguiram a virada de tanto pressionar

De virada, Liverpool bate Swansea e assume vice-liderança provisória da Premier League
Foto: Julian Finney / Getty Images
Swansea
1 2
Liverpool
Swansea: Fabianski; Rangel, Hoorn, Amat, Naughton; Fer (Fulton 72'), Cork, Britton (Sung-Yueng Ki 63'); Routledge (Barrow 62'), Sigurdsson; Borja.
Liverpool: Karius; Clyne, Lovren, Matip, Milner; Henderson, Wijnaldum (Can 85'); Lallana (Sturridge 23'), Mane, Coutinho; Firmino (Origi 85').
Placar: 1-0, min. 8, Fer. 1-1, min. 54, Firmino. 1-2, min. 84, Milner (pen),
ÁRBITRO: michael oliver. amarelos: henderson 25', cork 38', sturridge 39'
INCIDENCIAS: partida válida pela sétima rodada da premier league 2016/2017, realizado no liberty stadium, no sul do país de gales.

O Liverpool busca, aos poucos, uma consolidação na tabela de classificação da Premier League e, neste sábado (1º), viajou para enfrentar o Swansea no Sul do País de Gales pela sétima rodada da competição. Ao final do embate, os Reds saíram com a sua quinta vitória seguida, contando todas os certames que participa no momento, ao vencer os Swans por 2 a 1, de virada, com gols de Firmino e Milner, de pênalti. Fer foi ao marcador pelos donos da casa.

A vitória dá ao time de Merseyside a vice-liderança provisória, visto que ainda tem outros oito jogos para ocorrer na rodada. Chega aos 16 pontos ganhos e, nesta rodada, não sai das zonas de competições europeias. O Swansea permanece em 17º com apenas quatro pontos e pode entrar na zona de rebaixamento ainda neste fim de semana, além de também poder ir para a lanterna durante a parada para jogos internacionais.

A Premier League volta apenas daqui a duas semanas. No próximo dia 15, o time galês irá viajar para Londres e enfrentar o Arsenal, enquanto que o Liverpool recebe, dois dias depois, o seu rival Manchester United

Swansea abre o placar e consegue segurar Liverpool na primeira etapa

Um certo equilíbrio inicial comum junto com uma lentidão proporcionada pelas equipes nos minutos iniciais foram vistos e marcaram o começo da partida. O Swansea, porém, chegou pela primeira vez no jogo com cinco minutos, quando Borja recebeu cruzamento dentro da área entre dois marcadores, mas acabou cabeceando por cima do gol, apesar de estar de frente para ele. 

Já no minuto seguinte, a persistência dos donos da casa foi recompensada. Em cobrança de escanteio, a bola foi bem tocada para o meio da área vindo do segundo poste e Fer, sozinho, apenas empurra para dentro das redes e abre o placar no embate. Aos 25 minutos, em novo cruzamento para a área, mas dessa vez em falta mais distante, Borja apareceu outra vez sozinho, completando a terceira oportunidade de perigo de gol no jogo para os Swans em cabeçada para fora, rente à trave.

Conforme o tempo foi passando, o Liverpool foi criando algumas oportunidades de tentar o empate, porém não conseguiu concluir nenhuma de maneira eficiente. O Swansea, por sua vez, passou a usar mais do contra-ataque que teria à disposição, porém também não conseguiu ter uma finalização eficiente para ampliar o marcador. 

De tanto insistir, Liverpool conquista virada no segundo tempo

Para a segunda etapa, o Liverpool começou mais em cima, mostrando maior vontade de conseguir chegar ao empate no jogo. Logo com dois minutos, Firmino recebeu na direita, cortou para dentro e bateu com força por baixo, para defesa do goleiro adversário, mas já mostrando que os visitantes iriam pressionar querendo a igualdade no placar. 

Com nove minutos da fase final, os Reds conseguiram chegar ao empate. Depois de cobrança de falta na barreira, o cobrador agora mandou para a área e Firmino, em condição legal, cabeceou sozinho na entrada da pequena área no chão para tirar do goleiro e conseguiu a igualdade que o time de Merseyside estava dedicado a conquistar. 

Para o final da partida, o Liverpool iniciou uma pressão para conseguir a virada e sair do sul do País de Gales com os três pontos máximos possíveis. Quando o relógio marcava perto dos 40, Firmino foi derrubado dentro da área e o árbitro concedeu o pênalti para os visitantes. Milner, com frieza e eficiência, cobrou no meio do gol, tirando do arqueiro e conseguindo o segundo gol, virando o jogo para os Reds.

No minuto seguinte, Coutinho recebeu cruzamento do outro lado em que ele foi proferido e chutou de primeira, mas acabou sendo defendido. Nos acréscimos, Hoorn teve a chance do empate, mas acabou mandando para fora o chute feito de frente ao gol.