Klopp se mostra desapontado com empate frente ao Watford: "Tivemos altos e baixos"

Alemão ainda falou sobre gol irregular dos adversários, comparando com a temporada passada: "Aconteceu muito"

Klopp se mostra desapontado com empate frente ao Watford: "Tivemos altos e baixos"
Foto: Getty Images/Alex Broadway

Após sofrer o empate nos acréscimos, em Londres, neste sábado (12), o técnico do Liverpool Jürgen Klopp deu sua palavra à imprensa e o desapontamento ficou claro nas suas manifestações. O assunto Philippe Coutinho também veio à tona na conversa com os jornalistas após o jogo contra o Watford.

O terceiro gol do Watford, em posição duvidosa, não foi esquecido pelo comandante red. "Tivemos nossos momentos e sofremos um gol impedido. É difícil aceitar, mas temos. Aconteceu frequentemente ano passado", disse Klopp.

Sobre a atuação do time, Klopp destacou a dificuldade da equipe do Liverpool em engrenar na partida, mas ressaltou a melhora na etapa final. “Teve os seus altos e baixos. Primeiro jogo fora de casa contra um time muito físico. Fizemos muito melhor no segundo tempo. A vitória seria merecida. Watford teve os seus momentos, mas sobretudo através das suas principais peças”, comentou o técnico do Liverpool.

Ainda citando o gol de empate do Watford, Klopp lembrou dos gols que fizeram falta no segundo tempo e do fator estreia. "O terceiro gol estava impedido. Não tivemos sorte. Mas tivemos chances o suficiente para fazer outros gols", disse. "Você não pode esperar perfeição no primeiro dia. Você tem usar isso no próximo jogo. Eu não fiquei feliz com o primeiro tempo", completou o alemão.

O assunto Coutinho foi lembrado pela imprensa no pós-jogo. Sobre a decisão de não vender o brasileiro, Klopp ressaltou que é apenas um funcionário do clube. "Como um treinador, tenho chefes. Isso decide, por exemplo, se vendemos um jogador ou não. Tenho que aceitar. Se eles não venderem ele [Coutinho], então não estou mais envolvido. Eu sou responsável por nossos jogadores", salientou Klopp.

E sobre o pedido de transferência de Coutinho, Klopp foi direto e afirmou que não crê que o panorama seja diferente daqui em diante. "Eu não acho que o pedido mude alguma coisa. Foi claro o que o clube disse sobre o assunto. Isso é tudo", destacou o técnico dos Reds.


Share on Facebook