David Luiz é expulso e Chelsea segura empate no clássico contra Arsenal

Zagueiro deu entrada perigosa em Kolasinac já no fim e recebeu vermelho direto; Gunners conquistam primeiro ponto no Bridge desde 2011

David Luiz é expulso e Chelsea segura empate no clássico contra Arsenal
Ramsey ainda chegou acertar uma bola na trave na primeira etapa (Foto: Glyn Kirk / Getty Images)
Chelsea
0 0
Arsenal
Chelsea: Courtois; Azpilicueta, Luiz, Cahill; Moses, Kante, Fabregas, Alonso; Willian (Hazard 70'), Morata (Christensen 89'), Pedro (Bakayoko 46').
Arsenal: Cech; Koscielny, Mustafi, Monreal; Bellerin, Xhaka, Ramsey, Kolasinac; Iwobi (Elneny 80'), Welbeck (Giroud 73'); Lacazette (Sánchez 66').
ÁRBITRO: Michael Oliver. Amarelos: David Luiz 52', Morata 65', Elneny 84', Kolasinac 90+1', Bellerín 90+3'. Vermelho: David Luiz 87'
INCIDENCIAS: partida válida pela quinta rodada da premier league 2017/18, realizado no stamford bridge, em londres, inglaterra.

A Premier League tem seus jogos emocionantes, mas também tem partidas táticas e estratégicas. Na manhã deste domingo (17), Chelsea e Arsenal protagonizaram um desses confrontos no empate sem gols no Stamford Bridge, em partida válida pela quinta rodada da temporada de 2017/18 do certame. As duas equipes perderam gols e, no fim, os Gunners ainda ficaram com um a mais quando David Luiz foi expulso por entrada perigosa em Kolasinac.

O empate deixa os Blues na terceira posição da tabela de classificação, agora chegando ao décimo ponto na época, ficando três atrás de Manchester City, o líder, e ainda pode ver o vice-líder Manchester United se afastar caso vença na rodada. Por outro lado, o primeiro ponto conquistado pelos Gunners no Bridge desde 2011 entra na soma e totaliza sete no atual momento, ocupando a 12ª colocação. 

A equipe de Antonio Conte retorna a campo no próximo sábado (23), quando visita o Stoke City, às 11h pelo horário de Brasília. Já os comandados de Arsène Wenger jogam dois dias depois, no encerramento da sexta rodada, ao enfrentar o West Bromwich, às 16h, no Emirates Stadium. 

Chelsea tem mais a bola, mas Arsenal cria as melhores chances no primeiro tempo

Como era de se esperar dada as circunstâncias que o jogo se apresentou, o Chelsea teve a bola por mais tempo no começo e comandou as ações ofensivas da partida nos minutos iniciais, embora não tenha causado um perigo tão forte para o gol de Petr Cech. Contudo, o Arsenal foi a equipe que conseguiu ter o momento mais perigoso no início. Aos 15, Welbeck cabeceou por cima do gol um belo cruzamento de Bellerín. Um minuto depois, Lacazette chutou com a marcação em cima e viu Courtois fazer a defesa.

Próximo dos 20, Kolasinac apareceu chutando pela esquerda, mas o goleiro adversário fez nova defesa. Na sobra, ninguém conseguiu finalizar em gol. Aos 21, Pedro recebeu bola e avançou livre em direção da meta oponente, mas, quando se aproximou, perdeu tempo da bola e acabou arrematando fraco com a marcação que chegara em cima, ajudando numa fácil defesa de Cech. 

O jogo prosseguiu com o Chelsea tendo maior domínio da bola, embora o Arsenal tenha diminuido mais isso com o tempo, além de ter chutado mais em gol. Aos 40 minutos, Ramsey fez uma bela jogada individual, saiu driblando e, já dentro da área, chutou para o gol, mas a redonda bateu caprichosamente na trave. No rebote, Lacazette acabou chutando com força e por cima do gol aberto, deixando o placar ainda no zero. No fim da primeira etapa, os Gunners foram ao intervalo melhor em campo. 

Intensidade e chances diminuem e equipes não saem do zero

A etapa final do jogo teve seu início bem morno, embora a característica que prevaleceu no primeiro tenha continuado firme na partida. Agora, porém, os times trocavam mais a posse da bola, apesar de bem pouco, mas os donos da casa conseguiam ter a redonda por mais tempo. Os dois times, porém, não conseguiam criar nada de perigoso quando tinham o esférico nos pés, não causando perigo para algum dos arqueiros. 

Nos 30 minutos iniciais, apenas uma oportunidade clara de gol, que chegou inclusive a balançar as redes, mas estava impedido. Xhaka cobrou falta em cruzamento para a área e Mustafi, sozinho, conseguiu cabecear para tirar do camisa 13 adversário, mas o zagueiro estava à frente da linha do último homem, tornando o gol irregular, o que foi visto e assinalado pelo assistente naquele lado do campo. 

Aos 33, Hazard fez bela jogada individual pela esquerda, avançou e ajeitou para a perna direita em diagonal. O belga conseguiu o chute,mas foi defendido por Cech. Faltando três minutos para atingir a marca dos 45, David Luiz acabou sendo expulso por entrada perigosa em cima de Kolasinac. Apesar de estar com um a mais, o Arsenal não conseguiu capitalizar a vantagem numérica e partida terminou no empate sem gols.