Estreante, jovem Tammy Abraham revela bastidores da primeira semana na Seleção Inglesa

Atacante fala como descobriu sua convocação, sobre como Rashford e Lingard ajudaram na sua adaptação e lembra trajetória até a conquista

Estreante, jovem Tammy Abraham revela bastidores da primeira semana na Seleção Inglesa
Foto: Ross Kannaird / Getty Images

Ser convocado por sua Seleção Nacional é algo que a maioria esmagadora de jogadores de futebol sonha. E, quando acontece a primeira vez, é sempre algo memorável. Assim tem sido a semana do atacante Tammy Abraham, que foi selecionado pela Inglaterra para disputa de amistosos contra Alemanha e Brasil, como diz em nota publicada no site da FA (federação inglesa de futebol) nesta quarta-feira (8).

Na primeira parte, ele falou sobre como descobriu que foi convocado, em uma situação no mínimo inusitada. "Eu lembro que tinha terminado o treino com o Swansea e fui para a sala de fisioterapia para fazer algum treinamento. Lá, a TV passava Sky Sports News e foi assim que descobri, com eles anunciando", conta. "Eu estava confiante que seria chamado, como sempre estou. E veio no momento certo", acrescentou.

Quando esse momento acontece, os jogadores costumam lembrar da sua trajetória até essa conquista. Passam pela cabeça momentos que a determinação predominou, ou descrenças nas capacidades, mas também das boas situações que enfrenta-se nesse longo caminho.

"Comecei jogando dentro de casa, e depois passei para fora. Faça chuva ou sol, eu estava jogando futebol, quebrando coisas em casa e irritando meus pais. Joguei por um time local, do sul de Londres, o Bruin FC, time do meu tio. Alguns jogadores do time foram para bases importantes, como as do Arsenal, West Ham e, claro, Chelsea", lembrou o atacante, que ainda revelou que outros dois atletas que jogaram com ele por esse time viraram profissionais. 

Por fim, Abraham ainda comentou sobre como os jovens Marcus Rashford e Jesse Lingard ajudaram na sua adaptação com o English Team. "Você pode ver que eles são rapazes confiantes, e isso te dá mais confiança para acreditar em si mesmo, assim como quando você treina com grandes nomes", disse. 

O atacante do Chelsea, emprestado ao Swansea, pode ter seu primeiro jogo vestindo a camisa da Inglaterra nesta sexta-feira (10), quando enfrentam a Alemanha no primeiro amistoso preparatório para a Copa do Mundo da Rússia, em 2018.