Com show de Coutinho, Liverpool goleia Brighton e entra na zona de UCL

Com gol de falta digno de Ronaldinho Gaúcho, camisa 10 fez de tudo para levar o Liverpool a mais uma vitória na Premier League, desta vez com goleada por 5 a 1 no sul da Inglaterra

Com show de Coutinho, Liverpool goleia Brighton e entra na zona de UCL
Coutinho fez dois e deu duas assistências (Foto: Getty Images/Andrew Powell)
Brighton
1 5
Liverpool
Brighton: Ryan; Bruno (Schelotto, min. 77), Duffy, Dunk, Bong; Knockaert (March, min. 70), Stephens, Pröpper, Brown (Izquierdo, min. 70); Groß, Murray.
Liverpool: Mignolet; Can, Lovren, Wijnaldum; Alexander-Arnold, Milner, Henderson (Grujic, min. 90), Coutinho, Robertson; Salah (Oxlade-Chamberlain, min. 80), Firmino (Solanke, min. 88).
Placar: 0-1, min. 30, Can. 0-2, min. 31, Firmino. 0-3, min. 48, Firmino. 1-3, min. 51, Murray. 1-4, min. 87, Coutinho. 1-5, min. 89, Dunk (contra).
ÁRBITRO: Graham Scott (ING). Cartão amarelo: Bruno (min. 61).
INCIDENCIAS: Jogo válido pela 15ª rodada da Premier League. Jogo realizado no Amex Stadium, em Falmer (ING).

O Liverpool contou com o seu camisa dez Philippe Coutinho em grande noite e com um inspirado Roberto Firmino para bater o Brighton and Hove Albion, por 5 a 1, neste sábado (02), no Amex Stadium, pela 15ª rodada da Premier League. Os gols foram marcados por Roberto Firmino, duas vezes, por Coutinho - um de falta e um contra de Dunk -, e por Emre Can, pelos Reds. O Brighton marcou com Glenn Murray, de pênalti.

O resultado coloca provisoriamente o Liverpool na zona de classificação à Uefa Champions League na atual temporada da Premier League, já que ultrapassa o Arsenal para assumir a quarta posição, com 29 pontos. Os Gunners ainda jogam neste sábado. Já o Brighton caiu para a 11ª colocação, com 17 pontos, a sete pontos da zona de rebaixamento.

As duas equipes retornam a campo no próximo fim de semana. O Liverpool fará o Merseyside Derby contra o Everton, em Anfield, no próximo domingo (10), enquanto que o Brighton enfrentará o Huddersfield Town, fora de casa, no próximo sábado (09).

Firmino e Coutinho dão o tom para os Reds

A primeira etapa foi dominada pela equipe do Liverpool, que trocou muitos passes, com paciência, para tentar furar o bloqueio feito pela defesa do Brighton. O jogo teve um começo mais lento, com muitos passes de lado a outro e algumas investidas das duas equipes. Mas no final do primeiro tempo, a intensidade passaria a ser maior e favorável ao Liverpool.

Aos 30 minutos, após cobrança de escanteio, Emre Can subiu mais alto que a defesa dos Seagulls e balançou as redes para abrir o placar no Amex Stadium. No minuto seguinte, o Liverpool ampliaria o placar com Roberto Firmino, após assistência de Philippe Coutinho. O camisa dez dos Reds carregou a bola pela intermediária e encontrou Andrew Robertson livre pela esquerda e o lateral escorou para o meio da área, onde Firmino estava para empurrar a bola pro gol.

Etapa final com show de Coutinho

O início de segundo tempo do Liverpool manteve a intensidade dos minutos finais da etapa inicial. Aos três minutos, o Brighton teve um lance de perigo, com boa jogada de Isaiah Brown, servindo Glenn Murray, que perdeu gol incrível na grande área, em defesa arrojada de Simon Mignolet. Na sequência deste lance, o Liverpool armou um contra-ataque com Mohamed Salah, que serviu Firmino na entrada da área. O brasileiro bateu colocado no alto do goleiro Matt Ryan para ampliar o placar.

Aos seis minutos o Brighton teve um pênalti a seu favor, após empurrão de Jordan Henderson em Shane Duffy. O atacante Murray marcou de pênalti o gol de desconto dos mandantes. Após um bom tempo de partida mais amarrada, foi o momento de Philippe Coutinho aparecer e trazer brilho ao jogo novamente.

Em cobrança de falta a la Ronaldinho Gaúcho, por baixo da barreira, o brasileiro marcou um golaço para ampliar para 4 a 1. Dois minutos depois, Coutinho fez jogada individual na ponta esquerda de ataque do Liverpool e bateu firme em direção ao gol, contando com o desvio do zagueiro Lewis Dunk contra o próprio patrimônio, para encerrar a contagem.

Com a vitória, o Liverpool entra de vez na briga por uma das quatro vagas à UEFA Champions League. O time de Jürgen Klopp entra provisoriamente na zona de classificação à Champions League, um ponto a frente do Arsenal, que enfrenta o Manchester United neste sábado (02).