Chelsea vence Southampton, encosta no United e afunda adversário na crise

Blues chegaram aos mesmos 38 pontos do United, já o Saints tem apenas uma vitória nos últimos nove jogos

Chelsea vence Southampton, encosta no United e afunda adversário na crise
Foto: Catherine Ivill/Getty Images Sport
Chelsea
1 0
Southampton
Chelsea: Courtois; Azpilicueta, Christensen, Cahill; Moses (81' Zappacosta), Bakayoko, Kante, Alonso; Pedro (68' Fàbregas), Willian, Hazard (74' Morata)
Southampton: Forster; Stephens, Yoshida, Hoedt, Cedric (16' Lemina), Ward-Prowse, Romeu, Bertrand, Hojbjerg (72' Boufal), Redmond, Gabbiadini (61' Austin)
Placar: 45+3' Marcos Alonso (CHE)
ÁRBITRO: Roger East | AMARELOS: 45+2' Yoshida (SOU), 85' Redmond (SOU), 86' Stephens (SOU), 90+3' Alonso (CHE)
INCIDENCIAS: Partida válida pela décima oitava rodada da Premier League, realizada no estádio Stamford Brigde em Londres, Inglaterra

O Chelsea segue a boa fase na temporada. Na luta pela segunda colocação da Premier League, os Blues venceram o Southampton por um a zero. Jogando no Stamford Brigde, a equipe dominou completamente o confronto, mas parou em boas defesas do goleiro Foster. O gol solitário foi marcado por Marcos Alonso, nos acréscimos da primeira etapa.

Com a vitória, o Chelsea chegou aos 38 pontos e fica na terceira posição, com o mesmo número de pontos do Manchester United, que ainda joga na rodada. Já o Southampton vive uma péssima fase e fica próximo da zona de rebaixamento da Liga. Com 18 pontos, está na 12ª colocação - apenas a três do 18º.

O fim de ano na Inglaterra segue agitado. Daqui a três dias (19), o Chelsea recebe o Bournemouth pelas quartas-de-final da Copa da Liga Inglesa. Já o Southampton tem mais uns dias de descanso. Joga apenas no próximo sábado (23) às 13h (horário de Brasília) contra o Huddersfield.

Primeiro tempo dominante do Chelsea 

Jogando em casa, o Chelsea começou pressionando e ficando presente no campo de ataque. Depois dos minutos iniciais, o Southampton iniciou uma marcação pressão, complicando a criação de jogadas e deixando o duelo travado. Aos 19, Willian tabelou com Hazard e cruzou pelo lado direito. Alonso, na segunda trave tentou o chute de primeira e Foster espalmou. No rebote da jogada, Cahill finalizoude longe e o goleiro dos Saints novamente fez a defesa.

Já aos 25, o Chelsea avançou pela esquerda, Hazard recebeu na área e recuou para a meia-lua. Kanté chutou de primeira e obrigou o goleiro a se esticar todo para evitar o gol. Dominando completamente a partida, os donos da casa seguiam pressionando, mas sofriam para quebrar as linhas defensivas e paravam no goleiro inglês. Aos 30,  em contra-ataque rápido, Hazard avançou pela esquerda e cruzou. A bola quase chegou a Willian sozinho, de frente para o goleiro. Bertrand chegou de carrinho e cortou antes da conclusão.Três minutos depois, Willian se livrou de três marcadores pela esquerda e tocou para Marcos Alonso. O espanhol girou dentro da área e chutou no canto direito. Forster fez mais uma boa defesa.

O Southampton não conseguia ir ao campo de ataque e terminou a primeira etapa sem fazer uma finalização ao gol de Courtois. Já os Blues tentavam de todas as formas. Aos 39, Bakayoko tentou o chute de fora da área e com desvio a bola passou raspando a trave. Aos 42, Pedro acertou a trave depois de uma boa jogada individual.

Depois de tanta pressão o gol saiu. Já nos acréscimos da primeira etapa, Marcos Alonso cobrou falta de perna esquerda. A bola passou a lado da barreira e entrou no canto direito do goleiro Foster, sem chances de defesa.

Saints tem chances de empatar, mas Chelsea confirma vitória

A segunda etapa seguia da mesma forma que a primeira. O Chelsea seguia com maior posse de bola e não corria riscos. Apesar desse domínio a primeira finalização dos Saints aconteceu aos 17. Charlie Austin tinha acabado de entrar e obrigou Courtois a trabalhar. O atacante entrou livre na área e chutou colocado. o goleiro belga defendeu bem, evitando o gol.

Apesar desse lance os donos da casa seguiam pressionando em busca do segundo gol. Aos 23, Hazard chegou a marcar, mas foi corretamente anulado pela arbitragem por impedimento de Fàbregas. Dois minutos depois, o Chelsea trocou passes rápidos e Willian lançou Alonso na entrada da grande área. O espanhol arriscou de fora da área e Foster fez grande defesa.

Chegando a parte final da partida, os Saints passaram a tentar ir mais ao campo de ataque. E novamente com Austin os visitantes levaram perigo. O inglês consegue invadir a área e tenta o chute, mas manda em cima do goleiro Courtois. Porém, o Chelsea respondeu no lance seguinte.  Willian cobrou rapidamente falta pela ponta esquerda, Fàbregas entrou na área e, mesmo pressionado pela marcação, deu um toquinho para concluir. A bola passou por baixo das pernas do goleiro e correu perto da linha, sem cruzá-la, até sair do outro lado.

Indo ao ataque, o Southampton novamente assustou o Chelsea. Ward-Prowse cruzou rasteiro da ponta direita e Austin desviou com perigo na primeira trave. Nos minutos finais, o Chelsea conseguiu segurar a bola no campo de ataque para garantir a vitória.