Pickford fecha o gol e Chelsea fica no empate com Everton

da arquibancada, o treinador da seleção inglesa, Gareth Southgate, viu seu goleiro impedir a vitória dos Blues

Pickford fecha o gol e Chelsea fica no empate com Everton
Foto: Chris Brunskill/Getty Images Sport
Everton
0 0
Chelsea
Everton: Pickford; Kenny, Martina, Jagielka, Keane; Schneiderlin, Gueye (51' Baningime), Davies (46' Williams); Lennon (46' Sandro Ramírez), Sigurdsson, Calvert-Lewin
Chelsea: Courtois; Azpilicueta, Christensen, Rüdiger; Bakayoko, Kanté, Moses (81' Zappacosta), Marcos Alonso; Willian (71' Batshuayi), Hazard, Pedro (63' Fàbregas)
ÁRBITRO: Robert Madley | AMARELOS: 10' Calvert-Lewin (EVE), 21' Martina (EVE), 57' Keane (EVE)
INCIDENCIAS: Partida válida pela décima nona rodada da Premier League realizada no estádio Goodison Park, em Liverpool, Inglaterra

Na abertura do sábado (23) de Premier League, Everton e Chelsea fizeram um confronto praticamente de ataque contra defesa. Mesmo jogando no Goodison Park, os Blues tiveram uma postura ofensiva, sempre em busca do gol e o ataque do Everton foi improdutivo durante os noventa minutos. Mas, mesmo com um bombardeio de um lado, a partida terminou em zero a zero. Isso muito por conta do goleiro Pickford. O inglês fez boas intervenções durante boa parte do confronto, colaborando para o placar em branco.

Com o resultado, Sam Allardyce segue invicto no comando do Everton. Agora são sete jogos sem derrota, com cinco vitórias e dois empates. Os Toffes se manteram na nona posição, agora com 26 pontos, encostando no Leicester. Já o Chelsea desperdiçou a oportunidade de colar no Manchester United. Os Blues estão com 39 pontos na terceira colocação da Premier League.

As duas equipes voltam a campo já na próxima terça-feira (26). O Chelsea volta para casa e recebe o Brighton às 13h (horário de Brasília). No mesmo horário, o Everton vai a West Bromwich enfrentar os donos da casa no mesmo horário.

Chelsea pressiona, mas não consegue abrir o placar

Mesmo como visitante, o Chelsea foi para o ataque, dominando o Everton. Logo com um minuto de partida, Moses fez jogada pelo lado direito e cruzou rasteiro para área. Hazard tenta finalizar na marca do pênalti, mas não consegue o chute. Três minutos depois foi a vez de Pedro tentar a finalização. O espanhol arrisca da meia-lua e a bola sai à esquerda de Pickford. Já aos 10, Marcos Alonso tentou o chute cruzado, a defesa não conseguiu afastar e Bakayoko chutou da pequena área. A defesa salvou em cima da linha. Na sequência, Willian tocou de cabeça e novamente a zaga tirou em cima da risca.

Depois de sofrer por vinte minutos forte pressão, o Everton conseguiu equilibrar as ações. Porém, a primeira chance dos donos da casa aconteceu apenas aos 31. Davies recebeu pelo meio, avançou e arriscou de fora da área. O chute saiu um pouco torto e foi à direita de Courtois. Três minutos depois os Blues responderam. Pedro recebeu de Bakayoko em velocidade, invadiu a área e soltou a pancada em direção ao ângulo. Pickford se esticou e espalmou para fazer uma defesa sensacional.

Chelsea continuou pressionando, Everton segurou e ficou no empate a partida

O segundo tempo começou da mesma forma que o primeiro. Logo com um minuto, Willian cruzou, Pedro bateu cruzado e Pickford defendeu. No rebote, Marcos Alonso finalizou, a bola passou pelo goleiro, mas Williams salvou antes de a bola entrar. Com dez minutos da segunda etapa, o Everton seguia fechado e tinha dificuldade para chegar ao ataque. O Chelsea também tinha dificuldade de furar a defesa adversária.

Com a entrada de Cesc Fàbregas o time passou a criar mais rodando a bola no campo de ataque. Aos 20, a bola já girou da direita para esquerda, chegando a Hazard. O belga dominou rápido e fez a finalização rasteira, Pickford pulou e fez grande defesa. Aos 24, depois de trocar inúmeros passes na entrada da área do Everton, Willian resolveu arriscar a finalização, mas mandou longe do gol.

Com trinta minutos da etapa final o Everton não havia feito uma finalização ao gol de Courtois, que estava como mero espectador da partida. O Chelsea chegava a ter 70% de posse de bola. Para abrir o placar, Williams quase marcou contra. Após cruzamento da direita de Moses, o zagueiro tentou tirar de cabeça e acertou o travessão. Um minuto depois Hazard tentou o finalização, o chute saiu mascado e Rüdiger desviou no meio do caminho. Ligado na partida, Pickford fez a defesa com segurança.

Aos 36, Hazard fez jogada pelo lado esquerdo, levou pelo meio, fintou o marcador e chutou rasteiro. A bola passa pelo goleiro e Martina salvou em cima da linha. Chegando a parte final da partida, novamente Hazard tentou decidir a partida. O meia fez jogada individual e soltou uma pancada. A bola desviou em Kanté, perdeu força e Pickford defendeu.

A última grande chance partida, foi do Everton. Aos 45, após cobrança de escanteio, Keane apareceu no meio da área e cabeceiou com muito perigo, passando por cima do gol de Courtois.