Adebayor revela mágoa com Wenger por sua transferência ao Manchester City

Jogador togolês fala sobre descontentamento em como o francês lidou com sua transferência na época e ainda elogia José Mourinho

Adebayor revela mágoa com Wenger por sua transferência ao Manchester City
Foto: Shaun Boterill/Getty Images

Em recente entrevista ao tablóide inglês Daily Mirror, Emmanuel Adebayor - jogador com passagem por diversos grandes clubes da Europa como MônacoArsenalCity, Real Madrid Tottenham - relatou os bastidores da época em que foi vendido do Arsenal para o Manchester City, transferência essa que segundo ele não era de seu desejo, mas Wenger não lhe deu outra opção a não ser sair. Como se nao bastasse, após a concretização da venda, o manager francês alegou que o atacante havia ido ao clube do lado azul de Manchester visando maior remuneração financeira.

"Eu encontrei com Wenger em seu escritório quando ele me disse que eu deveria sair, pois não via futuro para mim no Arsenal. Eu disse a ele do meu desejo de ficar, porém a resposta que recebi foi:  'não iremos fazer força para segurá-lo, ou você vai ou irá ficar aqui sem disputar partidas. Então, não tive opção a não ser ir para o City, ida a qual estava muito feliz em realizar."

O jogador ainda comenta sobre a declaração de Wenger no dia seguinte de sua chegada aos Citizens:

"No dia seguinte que me juntei a equipe, o vi em uma coletiva em Londres dizendo que eu queria ir embora pois o dinheiro era muito grande. Desde esse dia, foi quando o meu ódio pelo Arsenal nasceu."

Foto: Professional Sport/Getty Images
Foto: Professional Sport/Getty Images

"Mourinho é um dos treinadores que sempre amei e sempre irei amar"

Hoje atuando no Başakşehir da Turquia, Adebayor diz que José Mourinho é um dos treinadores o qual mais admira por sua honestidade e sua forma de pensar, que segundo o mesmo é de pensar apenas na vitória, independente da forma necessária para chegar nela. O português foi seu comandante na época em que atuou pelo Real Madrid, deixando boas recordações quanto sua forma de trabalho.

"É um dos treinadores mais sinceros que conheci em minha carreira, o que é 'louco' pois a maioria dos treinadores são 'falsos'",disse Emmanuel, comparando-o com a forma como Arsène Wenger o tirou do Arsenal.

Ainda quanto a ideologia de trabalho do José, ele não dispensa elogios ao português: "Mourinho é um treinador que quer ganhar um troféu independente do que seja necessário, independente se for necessário estacionar o ônibus, trem ou um avião. Ele só quer ganhar e fará de tudo para conseguir isso."

Aproveitando a oportunidade, ele ainda fez questão de comparar seus dois ex-treinadores, enaltecendo o atual treinador do Manchester United:

"Ele nao descansa. Ele vai trabalhar 24h para ganhar um jogo, enquanto Arsène apenas ama evoluir os garotos e formá-los grandes jogadores, ele é como um professor."

Adebayor tem grande admiração por José. (Foto: Javier Soriano/Getty Images)
Adebayor tem grande admiração por José. (Foto: Javier Soriano/Getty Images)