Preparador físico, Daniel Martine agradece a oportunidade e quer seguir como treinador
Daniel Martine dirigiu o Azulão na Copinha de 2013 (Foto: Márcio Donizete)

* Especial para a Vavel Brasil

O técnico interino do São Caetano, Daniel Martine, pode assumir a equipe até o fim do Paulistão Chevrolet. Com 49 anos, o treinador é preparador físico de origem, mas afirmou, em coletiva nesta sexta-feira, que pretende seguir a carreira na comissão técnica.

“Não penso mais em ser preparador físico, pois quero levar adiante a carreira de treinador. Tive propostas para continuar sendo preparador, mas recusei. Prefiro ganhar menos como técnico do que seguir como preparador e ganhando mais. Abracei a carreira e vou até o final”, declarou.

Martine agradeceu o voto de confiança da presidência do clube e a chance de implantar um trabalho pela primeira vez em equipes profissionais. A primeira vez na carreira foi neste ano, dirigindo o time na Copa São Paulo de Futebol Júnior.

“O lado positivo é ver como uma oportunidade na carreira, porque é através dela que conseguimos mostrar nossa capacidade, e ela apareceu. Talvez se o time não estivesse em uma posição incômoda na tabela, ela não tinha aparecido”, afirmou.

Por outro lado, o agora técnico também apontou os contras do risco que é assumir um clube na zona de rebaixamento do campeonato estadual. “O negativo é estar começando na carreira. Tenho de pregar discurso humilde, se for o Rivaldo, não posso ter receio de ir falar com ele. É chegar aqui e mostrar minha cara, se eu vou ser mais um ou se serei um vencedor e realizado no futuro”, explicou Martine, que estreia diante do Mogi Mirim, domingo, às 18h30, pela 16ª rodada.

Sobre a equipe que sai jogando, o treinador não deu pistas se vai utilizar a base deixada por Ailton Silva ou se fará mudanças. Para a partida, Daniel Martine não tem ninguém suspenso ou machucado.

VAVEL Logo