Alecsandro faz três e comanda goleada do Flamengo sobre o Boavista

Com um pequeno público de pouco mais de 1.200 torcedores, o Flamengo enfrentou o Boavista em Moça Bonita, pela 6ª rodada do Campeonato Carioca. Mesmo tomando dois gols logo no começo do jogo, o rubro-negro buscou a virada, com três gols de Alecsandro e construiu um placar elástico de 5 a 2. Estreantes, Léo e Lucas Mugni foram bem e arrancaram aplausos da torcida.

O resultado mantém o Flamengo na liderança do Campeonato Carioca, com 16 pontos conquistados e ainda sem nenhuma derrota. Com a derrota, o Boavista fica em 7º lugar, com nove pontos ganhos. Na próxima rodada, o Flamengo encara o Fluminense, no domingo, às 19h30, e o Boavista recebe o Duque de Caxias, também no domingo, às 17h, em Bacaxá.

Primeiro tempo agitado e de muitos gols

A partida começou muito movimentada, dando indícios de que o primeiro tempo seria bastante animado. Antes dos dez minutos, o Flamengo já havia levado perigo ao goleiro Getúlio Vargas em duas oportunidades. Só que aos 14 minutos, quem abriu o placar foi o Boavista. André Luis arrancou e ganhou de González na facilidade, invadiu a área e bateu na saída de Felipe. 1 a 0.

Em vantagem, o Boavista conseguiu ampliar quatro minutos após abrir o placar. Thiaguinho Silva recebeu passe na área e anotou o 2 a 0. Depois da parada técnica e de uma pequena bronca do treinador Jayme de Almeida, o Flamengo acordou e diminuiu aos 26 minutos. Chicão acertou ótimo lançamento para Alecsandro, que finalizou de primeira para o gol. 2 a 1.

Um minuto depois de diminuir, o Flamengo chegou ao empate. Após cobrança de escanteio de Mugni, a bola encontrou Gabriel livre na segunda trave, para só tocar para as redes e deixar tudo igual. 2 a 2. Depois do empate, os times trocaram ataques perigosos, em um deles quase o Boavista chegou ao terceiro gol, mas Felipe defendeu e garantiu a igualdade até o intervalo.

Alecsandro comanda a virada do Fla

O segundo tempo começou com um ritmo mais lento, mas aos nove minutos, o Flamengo teve pênalti  marcado a seu favor, quando Gabriel foi derrubado por Douglas Pedroso na área. Alecsandro cobrou bem e virou o jogo. 3 a 2. E o show do camisa 9 do Flamengo não parou por aí. Aos 14, Alecsandro recebeu de Negueba, girou bonito em cima do marcador e tocou na saída de Getúlio Vargas. 4 a 2.

Com a boa vantagem de dois gols no placar, o Flamengo passou a administrar a posse de bola, com alguns gritos de "olé" vindo das arquibancadas. Sem se entregar, o Boavista quase chegou ao terceiro gol em uma cobrança de falta de Cascata, mas Felipe defendeu com segurança. Aos 23 minutos, o rubro-negro marcou mais um. O estreante Léo recebeu bom passe de Igor Sartori, arrancou pela direita e concluiu a jogada com uma bonita finalização, sem defesa para o goleiro. 5 a 2.

Tentando também deixar o seu gol, Lucas Mugni quase marcou aos 30 minutos, mas parou em grande defesa de Getúlio Vargas. Nos minutos finais, o argentino foi substituído por Mattheus e saiu bastante aplaudido pelo pequeno público em Moça Bonita. Já nos acréscimos, Igor Sartori poderia ter marcado o sexto, mas cara a cara com o goleiro, jogou pra fora. Depois disso, o árbitro João Batista Arruda encerrou a partida.

VAVEL Logo