Fernando Prass exige cobrança para Palmeiras reagir na decisão da Copa do Brasil
(Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

A terceira derrota seguida do Palmeiras no Campeonato Brasileiro e a terceira também em casa, foi um balde de água fria nas pretensões da equipe em chegar a Libertadores

Ciente do mal momento que vive a equipe do Palmeiras e da classificação que a equipe se encontra (nona colocação), o goleiro Fernando Prass quer que o grupo seja mais pressionado e cobrado fortemente para reagir já diante do Santos na final da copa do Brasil, competição essa que o camisa 1 enxerga como primordial para salvar o ano do Palmeiras. 

"Nossos erros já nos custaram essa vaga no G4, então agora temos que nos cuidar para que não custe também na Copa do Brasil. Tomara que aumente a pressão, estamos precisando disso, de pressão de cobrança. Estamos muito devagar, estivemos muito abaixo do que podemos ser" disse, logo após a derrota palmeirense para o Vasco, no Allianz Parque, no último domingo (8).

Para o goleiro que é um dos líderes do elenco Palmeirense, o problema é muito além do que tática ou técnica. Prass acredita que seja necessário preparar os jogadores mentalmente para as seis partidas que restam no ano, que são quatro pelo o campeonato brasileiro e as duas finais da copa do Brasil contra o Santos. 

"Eu já tenho essa opinião há muito tempo. Todo mundo treina as mesmas coisas, vem e vai treinador, tática é o mesmo. O que faz a diferença é parte mental e não estamos com mental forte'', completou

O Palmeiras após a derrota para o Vasco, no último domingo (8), em pleno Allianz Parque, por 2 a 0, acabou a rodada na 9° colocação e com a distância de seis pontos para o quarto colocado do G4, que é o Santos. Falta apenas quatro rodadas para o fim do campeonato e ficou difícil a situação do Verdão após mais uma revés no campeonato. 

"Tem de jogar melhor, competir mais, porque a Copa do Brasil vai ser consequência desses quatro jogos do Brasileiro. Tem de lutar para vencer os quatro, não pode abaixar a cabeça e se acomodar" disse o atleta. A equipe do Palmeiras volta a campo no próximo dia 18, diante do Atlético-PR, na Arena da Baixada, válido pela a 35° rodada do campeonato brasileiro. 

VAVEL Logo