Segundo goleiro Felipe, Internacional ofereceu 'mala branca' ao Corinthians em 2009
Felipe com a camisa do Flamengo. Foto: Divulgação/Flamengo

Após seis anos, o goleiro Felipe revelou que o Internacional ofereceu “mala branca” ao Corinthians para que entregasse o jogo ou que pelo menos empatasse com o Flamengo, favorecendo o time gaúcho que àquela altura brigava pelo título do Campeonato Brasileiro de 2009, ponto a ponto com o rubro-negro.

A partida terminou 2 a 0 para o time carioca em jogo realizado no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas. Na época, o arqueiro alvinegro foi bastante questionado por não ter pulado na bola em cobrança de pênalti convertida por Léo Moura no final do jogo, que já estava 1 a 0 para o Flamengo.

Felipe, em entrevista ao jornal Lance!, se defendeu e contou sobre oferta do Colorado. "Achei mesmo que ele (Léo Moura) fosse bater no meio. Juro por Deus. Igual aconteceu dois anos depois, com o Elano, que peguei o pênalti. Mesmo se tivesse pegado, não teria mudado nada. São Paulo tinha tomado quatro do Goiás. Flamengo foi campeão não porque ganhou do Corinthians. Se eu pegasse, ficaria 1 a 0. A gente tinha premiação muito boa do Internacional só para empatar o jogo. Não tem esse negócio de ter deixado", contou o arqueiro.

O goleiro vai jogar a Série A2 do Campeonato Paulista e a Série B do Campeonato Brasileiro pelo Bragantino. Hoje, com 31 anos, ele retorna ao clube onde jogou entre 2006 e 2007.

VAVEL Logo