Luan alcança marca de 50 gols pelo Grêmio e artilharia isolada da Arena
Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Luan dispensa apresentações no presente momento. Quem acompanha a pelo menos uns dois ou três jogos do Grêmio consegue visualizar sua participação e poder decisivo na frente, com a construção de jogadas ou mesmo as finalizações delas. É com a presença próxima da área que o camisa 7 segue a quebrar recordes pelo Tricolor gaúcho. Diante do Vasco da Gama, pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro, Luan fez o segundo gol da vitória por 2 a 0 na Arena. Com este feito, chegou a 29 gols no novo estádio gremista, assumindo a liderança isolada na artilharia.

Luan deixa para trás o argentino Hernán Barcos, ex-companheiro no clube. O Pirata argentino fez 28 gols na Arena em Porto Alegre. Luan havia empatado os números quando marcou duas vezes diante do Zamora, na goleada por 4 a 0 que selou o Grupo da Copa Libertadores. Agora, pelo Campeonato Brasileiro, o gol feito nos acréscimos o coloca na condição isolada de maior artilheiro da nova casa gremista.

Além disso, o jovem campeão olímpico atingiu a marca total de 50 gols com a camisa do Grêmio. São 186 jogos, 50 gols e 32 assistências computadas. Participação direta em 82 gols do clube, em uma média muito proveitosa. No ano de 2017, Luan participou de 22 jogos, com 11 gols (média de 0,5 por jogo) e deu 4 assistências aos companheiros. O líder em assistências na temporada é o camisa 32, Pedro Rocha, com seis passes para gol.

Como chegou à marca de 50 gols no Grêmio, Luan alcançou a condição de Paulo Isidoro (1980-1982). Se junta na condição de 25º maior artilheiro da história do Grêmio Foot Ball Porto-Alegrense. Para caçar um ranking melhor, o próximo da lista é o rio-grandino Neca, autor de 60 gols pelo Grêmio durante a década de 1970. Pelo bom aproveitamento na temporada até aqui e enquanto pertence ao Grêmio, Luan vai em busca de novas conquistas coletivas e, de quebra, com a possibilidade de marcar ainda mais seu nome no histórico tricolor.

VAVEL Logo