Michel ressalta dificuldade para vencer ex-clube e revela: "Até levamos uma dura do Renato"
Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Michel ressalta dificuldade para vencer ex-clube e revela: "Até levamos uma dura do Renato"

Grêmio encontrou dificuldades, mas conseguiu sair vencedor diante do lanterna do campeonato, para seguir na busca do líder

dado
Danrley Passos

Diante do lanterna do campeonato, o Grêmio encontrou um grande obstáculo para a conquista dos três pontos. A vitória diante do Atlético-GO nesta quarta-feira (2), em Goiânia, veio apenas após as mudanças realizadas por Renato Portaluppi, que viu a equipe criar mais jogadas no segundo tempo. Uma novidade foi o veterano Léo Moura, que esteve como opção no banco de reservas e pôde entrar e participar ativamente do lance do gol.

"Essa é uma jogada ensaiada nossa. E o nosso time é isso, quem tá entrando está dando conta do recado", disse o lateral, que retornou aos gramados após três meses em recuperação. Os jogadores comentaram sobre as dificuldades encontradas na partida e, segundo o atacante Éverton, a vitória foi com "a cara do Grêmio". Segundo Cortez, a mudança da equipe se deu através de uma conversa do treinador no intervalo: "o Renato conversou com a gente no intervalo e disse que não estava gostando. Mudamos a postura e vencemos", disse.

Já o autor do gol da vitória, o meio-campista Michel, ressaltou a consideração com seu ex-clube e falou das dificuldades enfrentadas na partida, admitindo que houve até mesmo uma "dura" de Renato Portaluppi durante a conversa no intervalo.

"Eu tenho um agradecimento muito grande pelo Atlético-GO. Foi onde abriram as portas para mim, e onde tudo aconteceu pra eu ir para o Grêmio, até evitei de comemorar muito. Encontramos sim dificuldades no primeiro tempo, confesso que até levamos uma dura do Renato, mas conseguimos voltar para o segundo tempo bem, e conseguir essa vitória que foi muito importante", disse.

 O volante ainda disse que "brincou" com o treinador gremista falando sobre a "lei do ex", mas complementou dizendo que a equipe tem que respeitar o Atlético-GO: "Independente do adversário, a gente tem que manter o foco, respeitando, mas impondo o futebol que a gente vem apresentando dentro, e fora de casa".

O Grêmio segue na caça ao líder. O Corinthians também obteve triunfo, diante do Atlético-MG, em Minas Gerais. A diferença que a equipe paulista tem diante do tricolor segue sendo de oito pontos, mas segundo Michel, ainda há tempo e possibilidade de alcançar o timão: "Dá para tirar. É o primeiro turno ainda, tem muita coisa pra rolar. Manter os pés no chão e manter essa pegada", completou.

VAVEL Logo
CHAT