Willian Arão celebra invencibilidade pessoal contra Botafogo e foca no Brasileirão
São oito jogos contra seu ex-clube e nenhuma derrota até o momento | Foto: Pedro Martins/MoWA Press

Com mais uma atuação consistente, o volante Willian Arão ajudou o Flamengo a vencer o Botafogo por 1 a 0, na última quarta-feira (23), e garantir a vaga na final da Copa do Brasil. Além de vibrar pela classificação para a grande decisão, que será disputada contra o Cruzeiro, o camisa 5 tem outro motivo para comemorar. Desde que deixou o Glorioso, no início de 2016, ele não sabe o que é perder para o rival: foram oito jogos, com três vitórias e cinco empates.

Após passar por um período de instabilidade, o camisa 5 já recuperou o seu espaço e voltou a fazer grandes exibições. Nos três jogos sob o comando do técnico colombiano Reinaldo Rueda, Arão começou como titular e não foi substituído.

Vivendo um grande momento novamente, o camisa 5 falou sobre a concorrência no elenco e alertou para a sequência no Campeonato Brasileiro. “O Flamengo é gigante, conta com um elenco muito qualificado e a concorrência é forte. Todo mundo tem condição de ser titular e ninguém tem lugar cativo na equipe. No nosso grupo não tem vaidade e o coletivo está acima do individual. Conquistamos a vaga na final da Copa do Brasil, mas precisamos focar no Brasileiro porque há um turno inteiro e temos objetivos importantes a cumprir", analisou o jogador.

E tais objetivos passam pelo Atlético-PR, adversário neste domingo (27) às 16h na Ilha do Urubu, pela 22ª rodada do Brasileirão. "Nós temos que esquecer a Copa do Brasil e pensar no Atlético. Eles não perdem há cinco rodadas e será um jogo bem difícil. Recentemente, ganharam do Palmeiras, em São Paulo, e precisamos entrar com a mesma pegada do jogo contra o Botafogo para não sermos surpreendidos em casa", alertou o camisa 5.

Arão voltou a dar consistência defensiva ao Flamengo e segue sendo peça importante também no setor ofensivo | Foto: Gilvan de Souza/Flamengo
Arão voltou a dar consistência defensiva ao Flamengo e segue sendo peça importante também no setor ofensivo | Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Além de ser um dos pilares de proteção para a zaga, que não sofreu gol nas últimas três partidas, o volante voltou a ter participação também na parte ofensiva, com passes verticais quebrando a linha defensiva adversária.

Nesta temporada, Willian Arão realizou 42 jogos, marcou seis gols e deu cinco assistências. Desde que chegou ao clube, o volante entrou em campo 107 vezes, balançou as redes em 14 oportunidades, deu 13 assistências e conquistou o título do Campeonato Carioca 2017.

Após 21 rodadas do Brasileirão, o Flamengo soma 32 pontos e está na quinta colocação; o Furacão vem logo atrás, com 30 pontos, e ocupa a sétima posição.
 

VAVEL Logo