Na luta contra o Z-4, Avaí e Chapecoense se encontram pela sexta vez no ano
Foto: Jamira Furlani/Avaí FC

Finalistas do Campeonato Catarinense, Avaí Chapecoense voltam a se enfrentar, agora em outra disputa importante. Lutando contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, os rivais se encontram pela sexta vez em 2017, com um retrospecto equilibrado até agora. O jogo deste domingo (27), acontece na Ressacada, em Florianópolis, às 19h.

No jogo pelo primeiro turno da Série A, a Chapecoense venceu por 2 a 0, com gols de Luiz Antônio e Reinaldo, e, na época, assumiu a liderança da competição. Em 2017, a Chape conquistou três vitórias no confronto, e o Avaí, duas. No geral, em 147 confrontos, foram 53 vitórias do time de Chapecó, 52 do Leão e 42 empates em 147 confrontos.

Avaí busca alcançar meta em sequência de confrontos diretos

Diante da Chapecoense, o Avaí enfrenta pela terceira vez um adversário direto a luta contra o rebaixamento. A meta para esse período foi estabelecida em sete pontos, então, para isso, o Leão tem que buscar a vitória. Depois de vencer o Vitória por 1 a 0 fora de casa, o time de Florianópolis empatou em 1 a 1 contra o São Paulo, na Ressacada, na última rodada. O Avaí não perde a três rodadas e ocupa atualmente a penúltima colocação, com 22 pontos, três atrás da Chape, 16ª.

O técnico Claudinei Oliveira, que completou durante a semana um ano no comando do Avaí, traçou como objetivo alcançar a melhor campanha do returno do Brasileiro e, para isso, a vitória no confronto direto contra a Chape é fundamental.

"Conseguimos quatro pontos e se a cada quatro jogos, fizermos sete pontos, conseguimos acumular uma gordurinha. Então vamos buscar, o campeonato hoje nos colocou contra adversários que antes não esperados estar embaixo, como o São Paulo. Como a gente fez ano passado, temos que tentar ser campeão do returno", disse.

Em relação ao último jogo, o Avaí terá o retorno de Betão Wellington Simião, que voltam de suspensão e entram nos lugares de Airton e Luan, que está fora do jogo, machucado. O meia Marquinhos, recuperado de tendinite no calcanhar.

Para esse confronto, o Avaí terá a estreia de seu terceiro uniforme, lançado como parte das comemorações do aniversário do clube.

 (Foto: Divulgação/Avaí FC)
Avaí estreia novo uniforme na partida deste domingo (27) (Foto: Divulgação/Avaí FC)

Eutrópio enfatiza rivalidade e espera vitória em Floripa

Depois de uma grande vitória em São Paulo contra o Palmeiras, a Chapecoense voltou a perder diante do seu torcedor. Na última quarta-feira (23), perdeu para o líder Corinthians por 1 a 0, em casa, e desperdiçou a chance de se afastar do Z-4. Com 25 pontos, a Chape ocupa o 16º lugar, mas pode entrar na zona de rebaixamento caso perca em Florianópolis.

O técnico Vinícius Eutrópio destacou a rivalidade e a importância que envolve o confronto, mas que espera uma vitória na casa do rival para se distanciar de um rival direto.

"O Avaí é um clássico, acaba sendo um campeonato à parte dentro do nosso campeonato. É um clássico regional, uma disputa de pontos por onde a gente está e o Campeonato Brasileiro. Jogo importante. Sabemos que eles vão vir com tudo, sabemos que o Avaí dentro de casa não foi batido nos últimos quatro jogos. Vamos lá, com todo o respeito ao Avaí, buscar uma vitória", afirmou.

Eutrópio poderá contar com os retornos do volante Moisés Ribeiro, que cumpriu suspensão e volta ao time titular, e do atacante Artur Caíke, recuperado de lesão, e que deve começar entre os reservas. Além disso, o argentino Héctor Canteros teve sua situação regularizada e está disponível para a partida.

VAVEL Logo