Grêmio e Botafogo selam acordo para receber torcedores visitantes nas quartas da Libertadores
Foto: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

Grêmio e Botafogo deram um passo interessante em acordo para os dois clubes e seus torcedores. Adversários na fase de quartas de final da Copa Libertadores da América nos dias 13 e 20 deste mês de setembro, Tricolor e Fogão iniciaram um tratado de cavalheiros fora de campo. Um acordo entre os clubes visa facilitar a vida e o convívio dos torcedores visitantes para os dois jogos.

A ideia foi anunciada para trazer conforto, segurança e facilidade de acesso aos alvinegros e aos gremistas para os jogos dessa decisão de 180 minutos na Libertadores. Como um teste proposto pelas direções de Grêmio e Botafogo, o evento pode servir de exemplo para futuras propostas para recepcionar outras torcidas em outros duelos das competições.

Entre as propostas seladas no acordo entre os clubes estão:

- Vendas antecipadas para os torcedores visitantes na cidade-sede dos clubes: em Porto Alegre para os gremistas e no Rio de Janeiro para os torcedores alvinegros;

- Valor do ingresso para torcida visitante acordado entre os clubes em R$100,00;

- Campanhas de conscientização para receber com hospitalidade o torcedor adversário.

Os jogos ocorrem em duas quartas-feiras. A ida no dia 13 de setembro, às 21h45, no estádio Nilton Santos, a casa botafoguense nesta Copa Libertadores. A volta ocorre na quarta-feira seguinte, um feriado para o Rio Grande do Sul, em 20 de setembro, também às 21h45, na Arena do Grêmio em Porto Alegre.

Quem passar dessa fase da competição encara o vencedor do duelo entre Santos e Barcelona do Equador na fase semifinal do torneio mais almejado da América. Neste ano, Grêmio e Botafogo se enfrentaram pelo Campeonato Brasileiro com uma vitória gaúcha na estreia do certame e um triunfo botafoguense quando ambas as equipes pouparam seus principais titulares na abertura do segundo turno do Brasileirão.

O histórico entre os clubes é positivo em negociações nos últimos anos. Diversos atletas passaram de um clube ao outro pelas temporadas recentes. Entre exemplos, o lateral-direito Edilson, o meia Guilherme Amorim, o zagueiro Fábio Ferreira, o meia Renato Cajá e o atacante Herrera.

VAVEL Logo