E o Aguirre? Diretor do Botafogo fala sobre contratação de atacante uruguaio: "Possibilidade real"

Se a novela Rony já teve seu último capítulo, a negociação pelo centroavante Rodrigo Aguirre se estende cada vez mais. Nesta segunda-feira (5), durante a coletiva de apresentação de Yago e Marcelo, novos reforços do Botafogo, o diretor de futebol Anderson Barros voltou a indicar aproximação com o uruguaio ex-Nacional.

Depois de afirmar que seria muito difícil contar com o atacante neste ano, Anderson Barros afirmou que a situação mudou e que o Alvinegro voltou a negociar e mostrou confiança na possibilidade de Aguirre vestir a camisa do Botafogo.

"'A situação mudou um pouco sim. Mas ainda é uma situação que a gente não pode dizer que vai acontecer. Mas mudou bastante ao que era. A gente continua trabalhando. Se apresentarem uma condição que a gente considera positiva. Hoje o quadro já é bem diferente do que era antes. Há uma possibilidade real das coisas acontecerem", afirmou o dirigente.

Desde que o nome do jogador uruguaio começou a ser ventilado, o principal entrave foi a pedida da Udinese-ITA, clube que detém os direitos econômicos de Aguirre, pelo empréstimo. O Botafogo tenta viabilizar a contratação, principalmente por conta do desejo do próprio atacante em jogar pelo clube.

Ainda assim, Anderson Barros já havia praticamente descartado qualquer acerto e afirmado que o jogador estava longe de vestir a camisa do Botafogo. Neste meio tempo, o empresário de Aguirre, Pablo Bentancur, chegou a afirmar que o atacante foi oferecido ao Fluminense, que também busca um novo nome para a posição, depois da saída de Henrique Dourado.

VAVEL Logo