Fernando Diniz valoriza superação do Atlético-PR: "Jogamos praticamente com nove"
(Foto: Miguel Locatelli / Site Oficial CAP)

O Atlético-PR conquistou a classificação para a quarta fase da Copa do Brasil, nesta quinta-feira (15), após ganhar nos pênaltis do Ceará no Castelão. O confronto entre as duas equipes terminou empatado em 1x1 com gols de Guilherme pelo time rubro-negro e Felipe Azevedo pelo Vozão. Na partida de ida, válida pela terceira fase da competição nacional, o jogo terminou em 0x0 na Arena da Baixada, o que obrigava ambas as equipes a buscarem a vitória para continuarem na competição.

Os dois confrontos entre as equipes foram marcados pelo equilíbrio, não só pelo empate nos dois jogos, mas também pela proposta de jogo das equipes, que permitiu uma partida de muitas chances. Apesar da superioridade na posse de bola da equipe paranaense. Fernando Diniz, treinador do Furacão, acredita que a classificação foi merecida.

“A vitória do merecimento, de um time que está treinando muito e a ausência de jogos fez falta, ainda mais no nordeste, com um calor constante. O time recuou demais, o Ceará cresceu e empatou a partida. Um jogo equilibrado e, com a série de lesões que tivemos, os jogadores que entraram souberam entrar e ajudar”, comentou o treinador que ainda falou sobre as substituições por lesão: “Mesmo com as substituições, tivemos ainda o Camacho com mão quebrada e o Rosseto sem condições. Jogamos praticamente com nove em campo”, analisou.

Fernando Diniz também respondeu os questionamentos sobre a condição física de seus jogadores. Com apenas sete partidas na temporada, a falta de ritmo foi sentida pelos atletas. Além das lesões de Raphael Veiga, Jonathan e Wanderson, ao final da partida, muitos jogadores demonstraram cansaço.

Suportar jogos dessa intensidade, sem ter ritmo de jogo, é preocupante. Ficar sem jogar partidas oficiais não quer dizer que você está livre das lesões. Não tivemos lesões musculares, somente desconfortos musculares. Os times que eu dirijo costumam não ter lesão muscular”, ressaltou.

O treinador rubro-negro demonstrou satisfação com o desempenho da sua equipe nos jogos sob o seu comando. O Furacão está invicto na temporada de 2018 e ganhou três das quatro partidas comandadas pelo treinador Fernando Diniz.

A equipe está produzindo e estou contente com a produção. Temos jogado partidas muito boas. É uma competição difícil. Jogamos com uma equipe de Série A, temos que dar mérito para o adversário. E temos que dar os méritos para nosso time. As coisas que o time já consegue fazer têm que ser valorizadas”, concluiu.

A equipe do Ceará luta pela liderança do campeonato cearense contra o Floresta, no próximo domingo (18), as 17h, no Castelão. A equipe está na terceira colocação com cinco pontos, dois a menos que seu próximo adversário e líder da competição. O Atlético Paranaense, que é líder do seu grupo com nove pontos, quer manter sua invencibilidade no estadual e pode garantir sua classificação na próxima rodada se conquistar um empate. O próximo jogo do Furacão é contra o Londrina, também no domingo (18), as 19h, na Arena da Baixada, reduto atleticano. 

VAVEL Logo