Atlético-GO e Guarani se enfrentam buscando aproximação do G-4
Foto: Divulgação/Atlético-GO

Atlético-GO e Guarani se enfrentam buscando aproximação do G-4

Com campanhas praticamente iguais, tanto Dragão quanto Bugre precisam da vitória para alcançar pelotão de frente na tabela

naataliafurlan
Natália Furlan

Na noite desta terça-feira (24), Atlético-GO e Guarani realizam a abertura da terceira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O confronto acontece no Estádio Olímpico, em Goiânia, às 19h15. As duas equipes possuem praticamente a mesma campanha: uma vitória e uma derrota, somando três pontos cada. O que difere é o saldo de gols. Dragão e Bugre ocupam a parte intermediária da tabela e buscam um resultado positivo com o intuito de se aproximar do G-4.

A equipe goiana estreou com vitória diante do Criciúma, em casa, mas acabou perdendo na última rodada diante do Coritiba no Couto Pereira. Apesar de não conquistar os três pontos, o Atlético-GO conseguiu apresentar uma boa atuação fora de casa mesmo tendo um jogador a menos no segundo tempo. Esse fator dá uma motivação a mais para a equipe rubro-negra, que quer se reabilitar no campeonato nesta noite.

Do outro lado, o Bugre estreou com derrota fora de casa contra o Fortaleza, mas vem de vitória diante do Sampaio Corrêa, em casa, e busca encaixar mais um triunfo seguido para garantir proximidade entre os primeiros colocados e ganhar confiança para o dérbi campineiro. Após este confronto, a próxima partida do Guarani será contra a Ponte Preta, em 5 de maio, no Brinco de Ouro.

Dragão vai a campo sem mudanças expressivas no plantel titular

O técnico Claudio Tencati não deverá fazer mudanças na equipe titular, com exceção da ausência do meia Tomas Bastos, que acabou sendo expulso diante do Coritiba. Com isso, o comandante irá promover a estreia do volante Bileu, adiantando Fernandes no meio de campo.

Com seu registro recém publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Bileu comentou um pouco sobre suas características de jogo que podem contribuir positivamente para um bom desempenho do Dragão diante do Garani.

"Gosto de marcar, mas tenho um bom passe. Corro bastante e procuro ajudar da melhor maneira possível, independentemente da posição. Já joguei de primeiro e segundo volante, além de lateral-direito. Hoje o futebol pede um jogador versátil", afirmou o jogador.

Base titular do Bugre é mantida e conta com apenas uma mudança

O Guarani terá alguns desfalques para o confronto desta noite. Marcílio foi poupado pela comissão técnica e ficou em Campinas para se recuperar, já que levou nove pontos após sofrer um corte na testa durante o jogo contra o Sampaio Corrêa. Para suprir a ausência do lateral-esquerdo, a vaga ficou dividida entre três jogadores, e Kevin levou a melhor na disputa com Salomão e Rafael Franco.

Além de Marcílio, o técnico Umberto Louzer ainda terá o retorno do atacante Bruno Mendes. O artilheiro bugrino na temporada voltou a treinar com bola, mas ainda intensifica a parte física para voltar 100% o quanto antes. Quem pode pintar no banco de reservas é Anselmo Ramon, que foi regularizado e está livre para fazer sua estreia.

O volante Ricardinho, com passagens por Goiás e Vila Nova, já teve a oportunidade de enfrentar o Atlético-GO por diversas vezes. Segundo o jogador, o histórico do Dragão é ter times ofensivos, com campanhas satisfatórias na segunda divisão nacional.

Joguei bastante contra o Atlético. É uma equipe que historicamente monta times que jogam para frente e fazem boas campanhas na Série B. Eles só não conseguem manter a regularidade depois que sobem para a Série A”, afirmou o volante.

VAVEL Logo