Sampaio Corrêa bate Ponte Preta pelo placar mínimo e respira na tabela

Tricolor do Maranhão desperdiça oportunidades claras de gol, mas consegue vencer equipe campineira e passa para o meio da tabela

Sampaio Corrêa bate Ponte Preta pelo placar mínimo e respira na tabela
Foto: Reprodução/@scfcoficial
Sampaio Corrêa
1 0
Ponte Preta
Sampaio Corrêa: Andrey; Bruno Moura, Joécio, Maracás, Alyson; William, Silva (César Sampaio), João Paulo (Uilliam); Fernando Sobral, Carlão (Kaike), Bruninho. Técnico: Roberto Fonseca
Ponte Preta: Ivan; Igor Vinicius, Reginaldo (João Vitor), Renan Fonseca, Danilo Barcelos; Nathan, Paulinho (Gabriel Vasconcelos), Tiago Real; Roberto (Felipe Saraiva), Junior Santos, André Luis. Técnico: Doriva
Placar: 1-0, min. 21, Bruninho.
ÁRBITRO: Daniel Nobre Bins
INCIDENCIAS: Partida válida pela sétima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, disputada no Estádio Casteão, no Maranhão.

Fechando a sétima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Sampaio Corrêa recebeu a Ponte Preta e venceu por 1 a 0, com gol de Bruninho. A partida foi disputada no Castelão, no Maranhão. Antes do confronto, as equipes se encontravam em cenários idênticos na tabela. Ambos somavam sete pontos, enquanto o Sampaio, 14º na tabela, permanecia em uma posição à frente por conta dos gols marcados: a equipe maranhense marcou oito vezes, enquanto os campineiros, cinco.

Essa igualdade foi vista durante toda a partida. No primeiro tempo, Sampaio Corrêa e Ponte Preta não tiveram grandes atuações, tendo na maioria do tempo se igualando no perigo das jogadas, cujas não eram desenvolvidas a ponto de causar incômodo à zaga adversária e furar as linhas defensivas.

Dentro de casa, a equipe tricolor tentou impôr pressão ao time adversário e chegou a levar certo perigo no início do jogo. Aos 12 minutos, Bruno Moura recebeu bola em profundidade e tentou cruzamento rasteiro para Carlão, porém, Renan Fonseca apareceu e interveio na jogada.

Nove minutos depois, o Sampaio abriu o placar da partida após boa jogada de João Paulo e gol de Bruninho. No lance, o lateral-esquerdo Alyson aproveitou saída errada da Ponte, roubou a bola e deixou com o camisa 10 da equipe, que balançou e cruzou para o meio da área, onde estava Bruninho, o qual chutou de forma prensada com a perna esquerda e a bola caminhou para as redes.

No segundo tempo, o Sampaio Corrêa optou por ter postura ofensiva e tentar aumentar a vantagem no placar. E o objetivo quase foi concretizado no início da segunda etapa, logo aos três minutos, em jogada de dois lances: primeiro, Bruninho, autor do gol, apareceu de forma despretensiosa na direita e arriscou forte chute direcionado ao ângulo direcionado de Ivan, que fez excelente defesa e impediu um belo gol; no rebote, a bola sobrou para João Paulo, que estava livre na pequena área e errou o gol.

No minuto seguinte, o Sampaio novamente quase chegou ao segundo gol na partida, e novamente Ivan impediu. Bruno Moura apareceu dentro da área e arriscou perigosa finalização, mas o goleiro pontepretano estava atento e fez boa defesa para impedir que a bola entrasse.

A sequência do embate seguiu sem muitos lances interessantes. A equipe da casa passou para uma filosofia mais aguda, com maior posse de bola e impondo-se dentro de seu território, enquanto a Ponte não conseguiu furar as linhas defensivas do Sampaio com sucesso. A equipe mandante chegou a ter uma oportunidade clara de sacramentar a vitória aos 36 minutos, quando João Paulo recebeu lançamento do goleiro Andrey e ficou de frente para o goleiro. Ao parecer, o camisa 10 da equipe não acreditou que estava em posição legal e tentou encobrir Ivan, sem sucesso.

No final, a equipe campineira tentou atacar de forma desorganizada, cruzando bolas na área, mas sem efetividade. Sendo assim, a partida terminou em 1 a 0 para o Sampaio Corrêa.

Com o resultado, a equipe maranhense passou para o 11° lugar na tabela, enquanto os campineiros se mantiveram na 15ª colocação.

Na próxima rodada, neste sábado (2), o Sampaio Corrêa tem dura missão contra o Fortaleza, líder do campeonato, fora de casa, às 16h30. Já a Ponte Preta volta a mandar jogo em seu estádio, o Moisés Lucarelli, contra o Oeste, também neste sábado, às 19h.