Defensor do Vasco, Ricardo Graça tem Thiago Silva como ídolo e se inspira na zaga da seleção

Jovem zagueiro tenta colocar em prática o que tem acompanhado na Copa

Defensor do Vasco, Ricardo Graça tem Thiago Silva como ídolo e se inspira na zaga da seleção
(Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

O sistema defensivo do Brasil nessa competição é alvo de idolatria para o zagueiro do Vasco da Gama, Ricardo Graça. O jogador mostrou ser fã e acredita muito no potencial do Thiago Silva na seleção.

A cada jogo da seleção, o defensor tenta aprender mais o trabalho da defesa e busca colocar isso no dia a dia do clube. O zagueiro diz querer bastante a braçadeira de capitão no jogador da seleção.

"Sou meio suspeito para falar do Thiago Silva, meu ídolo, o jogador que mais gosto. Ele está muito bem (risos). Para mim teria que ser sempre o capitão, embora sabemos que o Tite faz esse revezamento para dividir as lideranças. Não é à toa que é o capitão do PSG há seis anos. O sistema defensivo acertou. Acho que temos que nos espelhar nestes exemplos. Isso é bom para os jogadores brasileiros, o mercado olha de uma forma diferente."

No CT em Pinheiral, onde o Vasco faz a intertemporada, Ricardo Graça acompanhou a vitória do Brasil em cima do México por 2 a 0, onde está classificado para as quartas de final. O jogador quer aproveitar o tempo de treinamento e convencer o técnico Jorginho que pode ter espaço no time titular.

"Foi bom ter voltado a jogar Comecei titular e voltei agora. Mas agora é um treinador novo. Pode ter um ou outro um poquinho à frente do outro, mas o que vai decidir são esses treinos destas semanas. Ninguém tem vaga cativa aqui. O Jorginho vai poder conhecer melhor, dizer como quer marcação, bola parada... Vai ser uma disputa sadia."