Sem dificuldades, Palmeiras vence amistoso contra Independiente Medellín na volta de Scarpa

Com gol de Deyverson e a estreia do zagueiro Nico Freire, a equipe paulista não sofreu para vencer o time colombiano

Sem dificuldades, Palmeiras vence amistoso contra Independiente Medellín na volta de Scarpa
Divulgação/SE Palmeiras
Palmeiras
2 0
Independiente Medellín
Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Edu Dracena, Thiago Martins, Victor Luis; Felipe Melo, Bruno Henrique, Hyoran, Lucas Lima, Gustavo Scarpa; Willian. (téc. Roger Machado)
Independiente Medellín: David González; Elvis Perlaza, D. Murillo, Hernán Pertuz, Sebástian Macías; Didier Moreno, Andrés Ricaurte, Ever Valencia; Rodin Quiñones, Rivaldo Corre, Leonardo Castro. (téc. Octavio Zambrano)
Placar: 1-0, min.17 (Bruno Henrique); 2-0, min.64 (Deyverson).

A expectativa era de uma partida mais equilibrada do que a   disputada contra a fraca equipe do Árabe Unido-PAN, na semana passada. Afinal, tratava-se do tradicional Independiente Medellín, da Colômbia. Entretanto, a expectativa não se traduziu dentro de campo. Palmeiras venceu por 2 a 0 e não correu grandes riscos. É a segunda vitória consecutiva da equipe paulista na intertemporada realizada no Panamá.

Palmeiras paciente e administrando a vantagem

O time brasileiro iniciou a partida valorizando a posse de bola. Era difícil encontrar situações em que o Alviverde arriscasse um lançamento longo ou alçasse bolas na área adversária. A prioridade eram os passes curtos, aguardando uma brecha na marcação do adversário.

A abertura do placar, no entanto, não teve esta característica: de um Palmeiras paciente. Aos 17 minutos, do primeiro tempo, Bruno Henrique aproveitou o rebote da própria cobrança de falta. Do jeito que a bola sobrou, ele finalizou. O goleiro aceitou.

A partir daí, nada mais acontece no primeiro tempo. A equipe brasileira, que já dominava a partida antes de largar na frente no placar, anula qualquer possibilidade do adversário empatar a partida ao rodar a bola com passes curtos.

 10 substituições no intervalo e estréia de Nico Freire

A sensação era de que o Palmeiras poderia fazer o segundo gol da partida quando quisesse. Sem acelerar o ritmo da partida, o time paulista continuou oferecendo poucas possibilidades ao Independiente Medellín.

A única oportunidade dos colombianos viria de um erro individual do estreante Nico Freire. Ao tentar sair com a bola, o argentino foi desarmado pelo adversário, que desperdiçou o gol de empate ao tentar encobrir o goleiro Weverton.

O erro voltaria a acontecer no lance seguinte, dessa vez do lado dos colombianos. Aos 18 minutos do segundo tempo, a defesa do Medellín sai errado e dá de presente a bola para o Dudu, que encontrou Deyverson sozinho para liquidar a partida.

A expectativa de ver um Palmeiras sendo testado não aconteceu. Entretanto, foi um jogo importante para entrosar jogadores como Gustavo Scarpa, que ficou parado por um longo período no primeiro semestre do ano, e Deyverson, que pode recuperar a confiança com o gol marcado na partida.