CRB vence fora de casa e afunda Boa Esporte na lanterna

Com gol de Neto Baiano, Galo da Pajuçara garantiu sua segunda vitória seguida; BEC agora soma oito jogos sem vencer

CRB vence fora de casa e afunda Boa Esporte na lanterna
Arte: CBF
Boa Esporte
0 1
CRB
Boa Esporte: Fabrício;Hélder;Maurílio;Rodrigão;Luan; Jadson; Maycon; Bruno Tubarão; Daniel Cruz(Kaio Cristian); Thalis; Juninho Potiguar (Wiliam Barbio); Manoel (Douglas Baggio)
CRB: João Carlos;Diogo Mateus; Everton Sena; Anderson Conceição; Rafael Carioca; Claudinei; Lucas; Willians Santana(Leilson); Diego Rosa; Bruno Paulo(Mazola); Neto Baiano (Rafael Costa)
Placar: 0-1, min. 68, Neto Baiano.
INCIDENCIAS: Estádio do Melão; Horário: 20h30

O Boa Esporte foi derrotado em casa pelo CRB, por 1 a 0, nessa sexta-feira (13), no Estádio do Melão, em Varginha, pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O gol do jogo foi marcado pelo atacante Neto Baiano, aos 22 minutos do segundo tempo.

Em um início de partida sem muitas emoções, as duas equipes tinham dificuldades para chegar ao ataque. A primeira finalização do jogo só aconteceu aos sete minutos, com um chute de longe de Neto Baiano que passou sem perigo a direita do gol de Fabrício.

A oportunidade do Boa veio aos 13, após um cruzamento de Daniel Cruz, a bola ficou com Manuel, que demorou para fazer a jogada e acabou sendo desarmado pela zaga. 

O CRB desperdiçou outra chance com Neto Baiano, aos 22 minutos. Depois de um contra-ataque rápido montado pela equipe alagoana, o camisa nove, que tentou driblar o marcador, acabou se desequilibrando e perdendo a bola.

Nos instantes finais da primeira etapa o Tricolor de Varginha pressionou o Galo tentando abrir o placar. Aos 39, Thalis invadiu a área pela esquerda e finalizou de canhota, mas a bola foi desviada e saiu com perigo.

Na sequência do lance, após cobrança de escanteio, Manoel conseguiu girar dentro da área e chutar cruzado, passando por João Carlos e saindo em lateral.

O Boa voltou para etapa final no mesmo ritmo que encerrou o primeiro tempo. Aos três, Bruno Tubarão arriscou de fora da área e o goleiro João Carlos desviou para escanteio. Dois minutos depois, novamente Tubarão tentou de longe, mas dessa vez o arqueiro do Galo defendeu sem dificuldades.

Com 22 minutos, depois de uma lançamento longo, vindo do meio campo, a bola ficou nos pés de Neto Baiano que chutou forte com a perna esquerda e abriu o placar da partida.

A tentativa de resposta da equipe mandante veio aos 24, com um cruzamento de Hélder para Daniel Cruz, que pediu pênalti após ser derrubado na área, mas o juiz mandou seguir. O Tricolor perdeu o zagueiro Rodrigão aos 28, expulso diretamente, após chutar as costas de Rafael Costa depois de uma dividida.

O Galo da Pajuçara, com vantagem numérica, recuou e chamou o Boa para o seu campo. O time mineiro encontrou dificuldades para passar pela retranca adversária, já que estava com um homem a menos. Já no fim do jogo, com 41 minutos,  Hélder tentou de bicicleta, após cruzamento de William Barbio, mas a bola saiu sem direção.

Amargando o oitavo jogo sem vencer, o Tricolor Mineiro continua com apenas sete pontos na competição, sendo o lanterna do torneio. Já o Galo Alagoano, comemora a sua segunda vitória seguida, chegando ao 12º lugar com 18 pontos.

Os dois times entram em campo no próximo sábado (21), pela 16ª rodada do Brasileiro. O Boa recebe a Ponte Preta, às 19h. Um pouco mais cedo, às 16h30, o CRB visita a Juventude, no estádio Alfredo Jaconi.