Peres afirma que ainda busca volante e atacante para fechar elenco na temporada
(Foto: Ivan Storti/Santos FC)

O Santos segue ativo em busca de reforçar o elenco para o restante da temporada, após anunciar os meias sul-americanos Bryan Ruiz e Carlos Sánchez, o presidente do Peixe, José Carlos Peres, afirmou na entrevista coletiva de apresentação de Sánchez nesta segunda (24) que ainda busca um “Camisa 5” e um “Camisa 9”.

"Estamos atrás. É um 5 e um 9 e talvez outro de meio-campo de um poder jogar e outro não jogar, jogar deslocado, com função dupla", disse Peres.

A diretoria estava negociando com dois nomes para o ataque, porém, nos últimos dias ambos os nomes esfriaram, o paraguaio Derlis González e o uruguaio Ardaiz.

Segundo informação da “Gazeta Esportiva”, Derlis estava no Brasil para acertar com o Santos, mas voltou para o Paraguai sem o acerto. Vitor Bueno que seria envolvido na troca entre Santos e Dínamo de Kiev por Derlis, segue na Ucrânia. Porém, Peres nega desistência pelo atacante, mas vê alguns entraves para o acerto:

“A negociação com o Derlis continua, só não foi finalizada porque houve imposições. Santos tem um limite, um teto, e não podemos causar descontrole ao time. Não pode ter diferença grande entre atleta e outro para haver harmonia. Negociação está se arrastando, ontem quase fechou e vieram exigências. Mas não há nenhuma interferência do Vitor Bueno ir para lá. Mesmo que não dê certo, Vitor será emprestado e isso está pactuado com o Dínamo”, comentou o presidente do Santos.

Já no caso de Ardaiz, Peres não escondeu descontentamento com o empresário do atleta que, segundo ele, interferiu diretamente na negociação que já estava encaminhada:

“Sobre o Ardaiz, foi jogador que esteve conosco, tivemos reunião com o pai dele, estivemos próximos de contratar por valor tranquilo, sossegado, mas voltou para o Uruguai e sofreu O QUE de um empresário, comprou, e aumentou 20 vezes o valor. Fica impossível. Vai lá, compra, atropela e põe na vitrine para ganhar? Pelo valor de 50%, já é 10 vezes mais do que negociávamos com o pai dele. É só essa dificuldade”, afirmou José Carlos Peres. 

Peres ainda disse que busca um volante para compor elenco no caso da ausência de Alison, unanimidade na posição:

“Temos que ter um 5 caso o Alison se machuque, alguma coisa”, disse Peres.

Até o momento, o Santos apresentou cinco reforços na temporada, os atacantes Gabriel e Eduardo Sasha e o lateral-esquerdo Dodô, no primeiro semestre, e os meias Bryan Ruiz e Carlos Sánchez, no segundo.

 

VAVEL Logo