Adilson Batista aponta falha no 'controle de jogo' em derrota América-MG

Sem perder há três partidas, treinador americano frisou que o time teve dificuldade na armação de jogadas

Adilson Batista aponta falha no 'controle de jogo' em derrota América-MG
Foto:Divulgação/Daniel Hott /América

A invencibilidade durou pouco. Na noite deste sábado (11), o América-MG acabou sendo derrotado pelo o Bahia, por 1 a 0, na Arena Fonte Nova, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe alviverde permanece 10ª colocação, porém, pode ser ultrapassada.

O Coelho vinha de três jogos sem perder, com duas vitórias e um empate. O técnico Adilson Batista revelou que a estratégia era tentar uma marcação mais forte. Além disso, destacou que time teve dificuldades no último passe.  

“Não fizemos um bom primeiro tempo, tivemos um pouquinho de dificuldade, mas o nosso objetivo era neutralizar as penetrações, a chegada dos volantes, do Vinícius, a bola aérea, que a gente sabia que era muito forte e acabamos sofrendo o gol. No processo de construção, tivemos dificuldade para caprichar na saída. A inversão foi boa, mas não aproveitamos”, avaliou.

Apesar da derrota, Adilson fez questão de elogiar o empenho dos jogadores. Com o tento sofrido logo no início da segunda etapa, o América que até então segurava o jogo, teve que se arriscar.  

“Temos que enaltecer a dedicação, o empenho, a luta e a entrega. Tivemos que arriscar no segundo tempo, sofremos o gol e eles tiveram outra oportunidade no finalzinho. O volume foi melhor no segundo tempo, mas pecamos um pouco.Você pode ter marcação forte e espaço para os contra-ataques. Erramos na penúltima bola, na hora de escolher um jogador mais bem colocado. O intuito era ter o controle do jogo para explorar na frente e vencer. Infelizmente, levamos o gol”, declarou.

O América-MG recebe o Fluminense, no próximo domingo (19), às 19h (de Brasília), no Independência, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.