Atlético-GO recebe o Vila Nova em casa com os times buscando vaga no G-4
Divulgação/Atlético Goianiense

Atlético-GO recebe o Vila Nova em casa com os times buscando vaga no G-4

Com os times empatados na pontuação, com 44 pontos, uma vitória seria essencial para os dois clubes sofrerem uma boa arrancada na competição.

agnesrigas
Agnes Rigas

Neste sábado (6), às 16h30, acontece o clássico goiano entre Atlético Goianiense e Vila Nova pela 30° rodada da série B do Campeonato Brasileiro. Com as duas equipes vivendo momento parecidos na competição, com 44 pontos e  disputando uma vaga para entrar no G-4, esse clássico promete fortes emoções para os torcedores por estar valendo pontos importantes.

Sendo o mandante do jogo dessa rodada, o Atlético terá somente a sua torcida na partida no estádio Antônio Accioly. Comandando um treino fechado no último dia de preparação para o confronto, o técnico Cláudio Tencati não quer dar pistas da possível escalação para o clássico. Buscando uma vitória, o comandante deve voltar a repetir a escalação do jogo contra o Figueirense na rodada passada pois gostou da atitude ofensiva do time e gostaria que voltasse atuar assim novamente para conquistar os três pontos.

O Vila Nova tem a seu favor um ótimo retrospectos em clássicos. Vencendo nove partidas seguidas contra os adversários locais, o técnico Hemerson Maria espera continuar com a boa sequência para que o time tenha uma boa arrancada na tabela da competição, porém alega que tudo é possível de acontecer nesses bons confrontos. Continuando com a sua prática de treinos fechados desde de sua chegada ao clube, o comande declara que sua equipe está preparada para o confronto.

Atlético Goianiense garante clima intenso para o jogo de sábado

Jogando em sua casa com a torcida única, o Atlético terá elementos favoráveis para alavancar um bom desempenho dentro de campo no jogo de sábado. O goleiro Jefferson garante que será uma partida muito difícil como qualquer outra, mesmo o time visitante não podendo contar com a força de sua torcida, sabe que o time é bastante competente em suas ações dentro de campo.

"A gente colhe o que planta. Isso (torcida única) vem acontecendo não só em Goiânia, mas em outras cidades também por causa da violência. Para nós não tem clima de time visitante, que vem de longe. Claro que a torcida é importante para os dois lados, mas para nós continua sendo um clássico, um jogo muito difícil e que vai dar novos rumos para nós e para o Vila", afirmou o goleiro.

Com esse sendo o primeiro jogo no estádio reformado, Jefferson elogia bastante a reforma da casa dos Dragões. Afirma ainda que a torcida deixa o estádio um ambiente muito mais aconchegante para eles e mais ameaçador para os seus adversários que veem que a tarefa de vencer deles lá, é muito complicada.

"O gramado é excepcional, para os jogadores isso é o que mais conta. Ninguém pode falar do gramado. Além disso, é um estádio de dependências bonitas e vestiário muito bom. Mas o estádio só fica bonito mesmo com a torcida. Espero que ela compareça e possa nos ajudar a conquistar um bom resultado. Muitas vezes o fato de a arquibancada estar próxima ajuda. Quando a arquibancada está muito longe não dá pra ter essa dimensão", disse.

Vila Nova conta com os bons resultados ao seu favor

Mesmo com os números ao seu favor, o técnico Hemerson Maria não quer contar com isso para o confronto de sábado, alegando que em um jogo desse campeonato, todos os tipos de resultados são possíveis nessa reta final da série B. Disputando vaga no G-4 para voltar a elite do futebol brasileiro na próxima temporada, o confronte promete ser bastante acirrado pois, nessa reta final, toda vitória é muito importante.

"São números individuais que não levo muito em consideração para o jogo de amanhã (sábado). Cada jogo tem uma história diferente. Fico feliz por essa invencibilidade, mas não podemos ficar presos a isso. O Atlético-GO é uma grande equipe, bem treinada. É um jogo decisivo para as duas equipes. O Atlético-GO joga no Accioly com seu torcedor. E nós temos que escrever uma nova história", declarou o treinador.

Acreditando na preparação dos seus atletas, Hermerson acredita em um Vila Nova bastante focada para o clássico. O mesmo declara que os seus jogadores sabem bem as funções que devem desenvolver dentro de campo e que uma estratégia para o início e para o fim de jogo já foram executadas para que não posso ocorrer nada fora do esperado.

"Não vai haver grandes novidades. Temos algumas variações que vêm sendo utilizadas. Temos uma maneira de iniciar o jogo e uma maneira de terminar, isso está trabalhado e conscientizado na cabeça dos atletas, todo mundo sabe o que tem que fazer. Esperamos ser felizes na escolha para comemorar a vitória no fim do jogo", finalizou.

VAVEL Logo