Busca por presentes: Gatito traça títulos com o Botafogo e boa campanha na Copa América 
Vitor Silva / SS Press / BFR

Busca por presentes: Gatito traça títulos com o Botafogo e boa campanha na Copa América 

O aniversariante da semana tem como objetivo ganhar um título de peso com a camisa do Botafogo, além de realizar uma boa campanha com a seleção paraguaia na Copa América deste ano

marco-aurelio
Marco Aurélio Ferreira de Alencar

O goleiro Gatito Fernández completou 31 anos de idade nesta última sexta-feira, e traçou seus objetivos para este novo ciclo da sua vida. O paraguaio conta com um enorme prestígio do torcedor alvinegro e está em busca de conquistar um título de expressão com o clube, além de fazer um boa Copa América com sua seleção.

Na contagem regressiva para completar 100 jogos com a camisa do Botafogo – faltam apenas 11 partidas -, Gatito já acumula uma participação decisiva na Libertadores de 2017 e o status de herói do título do Campeonato Carioca de 2018. Na ocasião, o goleiro defendeu duas cobranças na disputa de pênaltis contra o Vasco.

Mesmo sabendo da importância de seu protagonismo na conquista do estadual, o paraguaio está focado em vencer uma competição de maior peso pelo Alvinegro.

"Um ano de muita saúde, de muitas vitórias com o Botafogo e buscando um título de mais peso. Por último, que seja um ano de consolidação no gol da minha seleção", afirmou o arqueiro.

A Copa América deste ano não será a primeira que o paraguaio vai disputar. O goleiro alvinegro foi convocado em 2011, quando o Paraguai terminou com o vice-campeonato,  porém na condição de reserva. Em 2019, a expectativa é que ele esteja entre os titulares e possa ajudar sua equipe a chegar o mais longe possível no torneio continental.

Os paraguaios estão no Grupo B da competição que será jogada no Brasil, e estreiam no dia 16 de junho, contra o Qatar, no Maracanã. Argentina e Colômbia serão seus outros dois adversários.

VAVEL Logo