Ainda em busca de um centroavante, Santos vê Eduardo Sasha como alternativa
(Foto: Ivan Storti/Santos FC)

No futebol tudo pode mudar rapidamente. Seja de um ano para outro ou até de um jogo para o próximo. Imagina para Eduardo Sasha que não era relacionado até fevereiro deste ano e foi reserva no começo de março na equipe do Santos, para se transformar na referência do ataque e artilheiro do time no Campeonato Brasileiro.

Após o clube procurar opções para a parte ofensiva no começo de 2019, Sasha surgiu como um atleta que pode suprir a ausência de um camisa 9 de origem. O jogador foi titular em três partidas do torneio nacional e marcou dois gols.

No começo da temporada o camisa 27 quase foi embora do Peixe depois de Sampaoli declarar que não utilizaria o atleta de 27 anos. Os meses passaram e o treinador argentino foi convencido de que Sasha pode ser o titular do ataque santista. E o atacante afirmou em entrevista coletiva no CT Rei Pelé semana passada que jamais pensou em deixar o Santos.

Eduardo Sasha em números

O começo da temporada foi difícil para o jogador. Não foi relacionado para as cinco primeiras rodadas do Campeonato Paulista, e nos 12 jogos inicias do Peixe participou apenas de um. A vida de Sasha começou a mudar após a sequência que conseguiu pegar na 11ª rodada do estadual contra o Novorizontino. Depois disso participou de seis das oito partidas do clube, sendo titular em todas elas.

No Brasileirão o atacante é incontestável. São três jogos e dois gols anotados, saiu na frente na disputa por posição com os atacantes Derlis González e Soteldo, além de Rodrygo, que se despedirá do Peixe em junho deste ano, rumo ao Real Madrid. Pelo Santos, Sasha tem 62 jogos e nove gols marcados.

VAVEL Logo