Jorge Desio, auxiliar de Sampaoli, valoriza empate do Santos: "Não é um resultado para lamentar"
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Jorge Desio, auxiliar de Sampaoli, valoriza empate do Santos: "Não é um resultado para lamentar"

Jorge substituiu Jorge Sampaoli que foi expulso na última partida do Peixe  na competição

cahribeirob
Carolina Ribeiro

Com a expulsão de Jorge Sampaoli no jogo contra o Vasco pela quarta fase da Copa do Brasil, Jorge Desio, auxiliar técnico alvinegro, assumiu o comando da equipe na primeira partida das oitavas de final da competição contra o Atlético-MG na noite desta quarta-feira (15), na Arena Independência.

A partida terminou com um empate sem gols e apesar de não ter balançado as redes, Desio não considerou o resultado ruim pelo que foi apresentado pelas equipes.

“Resultado não é ruim, tendo em conta a qualidade do mandante, os jogadores da equipe contrária. Não é um resultado para lamentar. Tentamos a vitória, como sempre, mas por ser visitante, não é algo ruim e me parece justo o resultado”, disse o auxiliar.

Na etapa inicial de jogo, a postura santista foi completamente diferente da apresentada na etapa complementar, o que também foi comentado pelo comandante.

"No primeiro tempo pudemos manifestar o que viemos buscar. Tivemos o controle no primeiro tempo, mas faltou (um camisa 9) na área. Eles tiveram mais a bola no segundo tempo, e nós terminamos nos defendendo bem", analisou.

A partida de volta da decisão será no próximo dia 6 de junho. A princípio a partida está marcada para o Pacaembu, mas existe a possibilidade de ser transferida novamente para a Vila Belmiro. 

Mas antes disso, o Peixe volta a campo neste sábado (18), contra Palmeiras, às 19h, no Pacaembu, em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

VAVEL Logo