Barroca comemora goleada sobre o Sol de América, mas ressalta: "Ainda temos muito a evoluir"
Foto: Divulgação\Botafogo

A goleada por 4 a 0 sobre o Sol de América, no Nilton Santos, nesta quarta-feira, agradou bastante o treinador Eduardo Barroca. Com a vitória, o Botafogo garantiu sua vaga na terceira fase da Copa Sul-Americana. Em coletiva de imprensa após a partida, o comandante da equipe carioca expressou sua satisfação ao comentar que o time abraçou seu estilo de jogo, porém descartou a empolgação excessiva e destacou que possui uma lista de questões onde o Alvinegro ainda precisa evoluir.

"Competições eliminatórias temos que pensar em classificar. Trouxemos vantagem para o Rio. O objetivo era jogar como se não tivesse vantagem. Conseguimos ampliar isso no primeiro tempo. Naturalmente tivemos mais conforto, jogadores se comportaram bem, ficaram com a bola, bem posicionados. Estou muito satisfeito pelos gols, por não ter sofrido, satisfeito com a classificação."

"Mas ainda temos muito a evoluir. Tenho feito check list de várias coisas que precisamos desenvolver. A sequência de jogos atrapalha para cobrar essa evolução. Na parada da Copa América é o momento ideal para fazer o jogo coletivo crescer."

Sobre a principal contratação do clube para a temporada, Barroca fez questão de elogiar a carreira de Diego Souza e destacou uma conversa em particular que teve com o atacante – que voltou a balançar as redes esta noite - a respeito de seu rendimento e funções em campo.

"A história esportiva dele fala por ele. Sempre jogou em alto nível. Até pouco tempo atrás estava na Seleção. É importante falar do incômodo dele. Diego me procurou pedindo para que eu falasse para ele onde ele precisava render mais. Ele se sentia incomodado, sabe da responsabilidade que tem. Eu pontuei para ele naquele momento."

"Não enfrentou o São Paulo, depois fizemos nove pontos com ele em campo. Fui mostrando para ele que a responsabilidade dele não é apenas fazer gols, ele pode ajudar de outras formas. Deu a assistência para o Luiz Fernando hoje. Foi importante em gols contra Bahia e Fortaleza. Vai nos ajudar ainda muito na temporada. Estou feliz com o crescimento coletivo da equipe, sabendo que ainda temos muito a evoluir."

Em relação a polêmica que vem permeando o noticiário do Glorioso nos últimos dias, o técnico preferiu não opinar sobre o ocorrido. Para ele, o triunfo de hoje foi muito importante para deixar o episódio contra o Palmeiras no passado e chegar com moral para o clássico contra o Vasco.

"Não é algo que está na nossa esfera. Prefiro deixar a questão do jogo contra o Palmeiras para a direção do clube se posicionar. Muito se falou sobre isso, tentei trazer o foco para o jogo de hoje."

"O importante era quebrar a derrota para o Palmeiras. Ainda mais com uma goleada. Isso nos dá confiança para enfrentar o Vasco, um time de grandeza, com um treinador referência. Vamos ter que nos preparar muito."

O confronto contra os rivais cariocas, pela próxima rodada do Campeonato Brasileiro, também foi assunto na conversa do treinador com os jornalistas. Barroca demonstrou respeito com a equipe cruzmaltina, mas falou sobre a importância de pontuar o máximo possível nestas primeiras rodadas. 

"O Brasileiro é tão nivelado que não consegui apontar semelhanças e diferenças entre os clássicos. Sei que vamos enfrentar uma equipe motivada, com treinador novo. É o Vasco. Precisamos nos recuperar bem, esse jogo desta quarta foi desgastante. Precisamos ser competitivos no clássico, como fomos contra o Fluminense. Precisamos manter nossa identidade. Vamos lutar para vencer o jogo, temos que pontuar o máximo possível nessas primeiras rodadas."

Por fim, o comandante também pontuou sobre o próximo adversário na competição, o Atlético Mineiro. Na visão do técnico, será uma disputa equilibrada, onde seus jogadores precisarão se entregar ao máximo para seguir nesta onda de bons resultados nos jogos eliminatórios.

​​​​​​​"Ainda falta tempo, mas é o Atlético-MG, uma equipe grande, de tradição, de muitos jogadores. Espero um confronto equilibrado, vamos nos preparar da melhor forma para enfrentar esse desafio com coragem. Jogadores tem se dedicado, incorporado esse espírito, tentado jogar da melhor forma. Espero que a gente chegue bem para esses jogos eliminatórios."

VAVEL Logo