Palmeiras recebe Cruzeiro visando encostar no topo do Brasileirão
Cesar Greco/ SE Palmeiras

Palmeiras recebe Cruzeiro visando encostar no topo do Brasileirão

Após vencer o Fluminense, o Verdão vem embalado para encostar de vez no líder Flamengo; Cruzeiro, por sua vez, precisa vencer para respirar longe do Z-4

leticia-denadai
Leticia Denadai

O Palmeiras recebe, neste sábado (14), o Cruzeiro pela 19° rodada do Campeonato Brasileiro. As duas equipes passam por momentos distintos; enquanto o Verdão quer diminuir a diferença de pontos para o Flamengo, a Raposa passa por crise e é o primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Na história do nacional, as equipes se enfrentaram 62 vezes, com vantagem para os mineiros, com 24 vitórias contra 19 dos paulistas, além de 19 empates.

Reencontro com antigo clube

Mano Menezes pediu demissão do Cruzeiro em agosto desse ano, após mais de três anos no comando da equipe, e, depois de um mês, reencontra a sua antiga equipe, agora no comando do Palmeiras.

Ele encerrou a preparação para o jogo nesta sexta-feira (13), em um treino fechado. Porém, a imprensa conseguiu ver Ramires de volta aos gramados - o volante treinou na parte interna na quinta-feira (12). Mayke é o único jogador do alviverde no departamento médico.

Willian, que já atuou pelo Cruzeiro, falou sobre a diferença de momentos na competição, mas sabe que o jogo não será fácil. 

“Acredito que o Cruzeiro não vive momento tão bom, a gente vindo de duas vitórias, crescendo na competição novamente, mas isso não significa nada diante de um grande clube que é o Cruzeiro, do grupo qualificado que tem. A gente tem que ter essa inteligência. Sabemos que vai ser jogo muito difícil, eles querem vir para vencer, temos que estar bem concentrados, bem  atentos.”

Provável escalação: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez (Luan), Vitor Hugo, Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique, Gustavo Scarpa; Dudu, Willian, Luiz Adriano.

Clima tenso marca equipe celeste

O Cruzeiro vem de uma crise na parte administrativa do clube desde o começo da temporada. Mas, na última semana, o clima tenso chegou aos gramados. Além disso, membros de torcidas organizadas protestaram na sede do clube.

Antes de embarcar para a capital paulista, Ceni fez o último treino da equipe, na Toca da Raposa, na manhã desta sexta-feira (13). O treinador fez mistério, mas imagina-se que o time titular terá mudanças, após declaração no final da partida contra o Grêmio. Rodriguinho, se recuperando de lesão, e Dedé, com entorse no tornozelo, são desfalques.

Após boatos que Thiago Neves estaria afastado e não viajaria para São Paulo, o clube emitiu uma nota desmentindo e falando que quem não viajou foi o lateral-direito Edilson. 

Pedro Rocha falou sobre o reencontro com o antigo técnico e sobre como a equipe mudou desde a chegada de Ceni.

“Sabemos que ele [Mano] conhece muito bem nosso grupo porque ficou aqui mais de três anos. Mas acredito que já mudamos bastante, principalmente o estilo de jogo, desde a chegada do Rogério. Sabemos que é um grande clássico do futebol brasileiro. Cruzeiro e Palmeiras sempre rendem bons jogos. Só nos resta ir lá e buscar a vitória. Sabemos da qualidade do time do Palmeiras, mas aqui também tem jogadores de qualidade e vamos para São Paulo buscar o resultado.”

Provável escalação: Fábio; Orejuela, Fabricio Bruno, Léo, Dodô; Henrique, Jadson (Ariel Cabral); Robinho, Marquinhos Gabriel; Pedro Rocha,  Fred (David).

VAVEL Logo
CHAT