Flamengo domina Fluminense e vence com sobras no Maracanã
Foto: Alexandre Vidal/CRF

O Flamengo ganhou do Fluminense por 2 a 0, no Maracanã, em jogo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo. O time comandado pelo treinador português Jorge Jesus administrou maior parte do jogo e não deixou espaços para a equipe tricolor, que enfrenta, desde o início do ano, problemas de limitação do elenco e risco de rebaixamento na elite do futebol nacional.

Com a manutenção do estilo ofensivo, o Rubro-Negro criou jogadas perigosas desde os primeiros minutos. Com as tabelas entre Éverton Ribeiro, Rodinei e Gabigol funcionando pelo lado direito do campo, o Flamengo abriu o placar  logo no começo, em bela assistência do lateral-direito, que achou Bruno Henrique na área. O camisa 27 subiu sem marcação e, com boa impulsão, apenas tirou do goleiro Muriel. Festa para cerca de 50 mil torcedores que comparecem ao clássico.

Com o resultado desfavorável, o Fluminense tentou atacar logo após o gol sofrido, mas esbarrou na falta de criatividade de Ganso e Nenê. O primeiro, inclusive, fez mais uma partida apagada e saiu vaiado. O Tricolor, na metade da primeira etapa, encaixou melhor a movimentação no terço final do gramado e incomodou Diego Alves, que até então não tinha aparecido. Fez duas boas defesas e ajudou o mandante a sair com a vantagem para o intervalo. 

Voltando do intervalo...

Na volta para o segundo tempo, com 58% de posse de bola, o líder do campeonato afrouxou o ritmo de jogo e sofreu com a evolução do Fluminense, mais na base da vontade do que na qualidade técnica. Mesmo com dificuldades, o time das Laranjeiras construiu bons contra-ataques e, por pouco, não empatou a partida. Rodrigo Caio e Pablo Marí, mais uma vez sólidos defensivamente, estavam conseguindo anular a velocidade de Yony González e Wellington Nem, pelas pontas.

O Flamengo não deixava de controlar o jogo, mesmo com as eventuais investidas do adversário. Quando o confronto parecia mais igual entre as partes, os comandados de Jorge Jesus mostraram por que estão na na liderança da competição: anularam a outra equipe no momento certo. No período em que o time do recém-efetivado Marcão corria atrás do prejuízo e mostrava melhor ligação na transição do meio ao ataque, com as entradas de Lucão e João Pedro, Gerson liquidou o clássico, depois de belo passe do jovem Reinier. O "coringa", assim chamado por seu treinador, cortou para o meio e chutou. Com o desvio em Gilberto, a bola, que já parecia ir ao gol, pegou velocidade e entrou. 

Com 2 a 0 no placar, o Rubro-Negro administrou a vantagem e ainda viu Diego Alves fazer mais uma boa intervenção, nos acréscimos, em voleio do zagueiro Frazan, que substituiu o capitão Digão. Gabigol, que até participou bem no setor ofensivo, fez falta dura em lance isolado e tomou cartão amarelo. O camisa 9 está pendurado com dois cartões.

Como ficam

O Flamengo agora soma 64 pontos e pode chegar a 11 de diferença para o Palmeiras no campeonato, caso a equipe paulista perca seu jogo na rodada, contra o Athletico-PR, em Curitiba. O próximo compromisso do líder na competição é contra o CSA, também no Maracanã, domingo, às 19h. Antes, ainda há o confronto pela semifinal da Libertadores, contra o Grêmio, na quarta-feira. O Fluminense, que volta a se aproximar do Z-4, enfrentará a Chapecoense, no Rio. A partida contra o adversário direto na luta contra o rebaixamento será no sábado que vem, às 19h30.

VAVEL Logo