Um ano de Flamengo: Jorge Jesus faz história e vira ídolo da torcida
Foto: Divulgação/Alexandre Vidal

No dia 1º de junho do ano passado, o Flamengo anunciou, nas suas redes sociais, o acordo com Jorge Jesus até meados de 2020. Porém, o treinador começou os treinamentos 19 dias depois, durante a pausa para a Copa América. O "Mister" chegou com muita desconfiança e questionamentos por parte da mídia e dos torcedores.

Um ano depois, o português calou muitos críticos da sua contratação. Em 51 jogos, o técnico teve 74,5% de aproveitamento com 2,1 gols por jogo e está fazendo história no rubro negro. Desde que assumiu o Flamengo, Jorge Jesus conquistou cinco títulos, entre eles a Libertadores esperada há 38  anos, e sofreu apenas quatro derrotas.

Com esses números expressivos, o "Mister" quebrou diversos recordes, tabus e paradigmas do futebol brasileiro, além de ser o primeiro treinador estrangeiro a conquistar o Brasileirão.

Com o contrato encerrando no próximo dia 20, exatamente um ano do primeiro  treino com Jorge Jesus, a diretoria rubro negra busca chegar a um acordo para a ampliação do vínculo com o treinador.

O clima da Gávea é de otimismo para uma renovação até o fim de 2021, apesar do desejo do Mister ser até meados do ano que vêm. Outro empecilho já superado foi a questão financeira.

O técnico desejava uma valorização maior no seu contrato, porém teve que ceder diante do cenário de crise mundial. Entretanto, ainda falta alguns detalhes burocráticos para a renovação, como pré definir o valor de premiações e da variação cambial para o Euro. 

O Flamengo adotou a postura de "gelo no sangue" durante as negociações, buscando deixar o treinador o mais confortável possível. Além disso, o desejo mútuo das partes pela continuação do trabalho foi um fator importante para essa aproximação do "fico" do português. 

VAVEL Logo