Domènec é apresentado no Flamengo e revela conselho de Guardiola: "Não deixe passar"
Foto: Divulgação / Flamengo

Ele já está no Flamengo! Domènec Torrent chegou e foi oficialmente apresentado no Ninho do Urubu na tarde desta segunda-feira (03). Ainda usando e abusando do portunhol, o técnico catalão esbanjou carisma, simpatia e bom-humor no seu primeiro contato com jornalistas brasileiros. Sem perder tempo, "Dome", como prefere ser chamado, já seguiu para dirigir o elenco rubro-negro no mesmo período.

Conhecido pelo rótulo de "ex-assistente de Guardiola", Domènec já agradeceu o compatriota consagrado na Europa por ter aprendido aspectos técnicos e pela amizade construída ao longo dos dez anos de parceria. Ainda não habituado com o português, ele precisou ceder ao portunhol para se comunicar na coletiva de imprensa:

"Não falo português. Agora falo portunhol e vou tentar falar com vocês. Estou muito agradecido ao Carlos Leite, Marcos Braz, Bruno Spindel... Pessoas que foram muito importante para que eu estivesse aqui. E quero agradecer a Pep Guardiola. Para mim, foi muito importante passar esses dez anos de trabalho com amizade e conhecimento. Quando você está com o melhor do mundo, aprende muito."

Depois de começar sua carreira de treinador no New York City, Dome fará no Flamengo seu segundo trabalho na profissão. E quando ele conversou com o amigo Guardiola recebeu um conselho do hoje comandante do Manchester City:

"Quando ele soube do interesse do Flamengo, só me disse: 'Não deixe passar'. Se tiver confiança, é um dos maiores clubes do mundo. Foi algo que me incentivou muito. Estou muito feliz por fazer parte desta grande nação. Quando se fala de Flamengo na Europa, todo mundo sabe que é um dos grandes clubes do mundo. É muito importante seguir ganhando. É assim no Flamengo, no Barcelona, em clubes tops."

Dome trás junto com ele três auxiliares: o assistente de campo Jordi Guerrón, o analista de desempenho Jordi Gris e o preparador físico Julián Jimenez. Visando a estreia no Brasileirão 2020 diante do Atlético-MG, às 16h do domingo (09), no Maracanã, a comissão técnica e jogadores terão uma semana repleta de treinamentos para o time começar a tomar a cara do técnico espanhol.

Palavras do presidente Rodolfo Landim

Dome e Landim no CT (Foto: Divulgação / Flamengo)
Dome e Landim no CT (Foto: Divulgação / Flamengo)

O novo treinador rubro-negro foi apresentado junto ao presidente Rodolfo Landim, ao vice de futebol Marcos Braz e também ao lado do diretor executivo Bruno Spindel. Com esses membros da diretoria na mesa, Landim contou como chegou ao nome de Dome:

"Estamos todos muito felizes e estamos satisfeitos com esse processo. Foi um trabalho que teve início com o nosso grupo de scout na busca pela manutenção do futebol ofensivo e agressivo. O nome do Dome sempre esteve presente. Queríamos alguém com uma história vencedora. Estamos muito feliz por contar com ele pelos próximos 18 meses."

Marcos Braz e o costume de levantar taças

Grande responsável pelo manuseio da negociação, Marcos Braz direcionou sua fala para o histórico que Domènec tem como auxiliar de Pep Guardiola. Então, para manter o costume conseguido ano passado e no começo deste 2020 de sempre levantar um troféu, Braz também falou sobre a rotina de títulos:

"Não posso deixar de falar da história do nosso atual técnico nos últimos dez anos. Ele figurou nos grandes trabalhos do futebol mundial, no Bayern de Munique, no Barcelona... Sempre com grande atuação dentro de um processo. Quando entendeu que deveria tomar outro rumo em sua carreira, entendemos que está mais do que super qualificado para estar aqui. Está acostumado a estourar champanhe, fumar charuto no vestiário."

Confira apresentação de Dome na íntegra:

VAVEL Logo