Finalista com Chapecoense, Louzer exalta elenco unido: "Compraram a ideia" 
Foto: Márcio Cunha/Chapecoense

Após sequência invicta que garantiu a recuperação da Chapecoense no Campeonato Catarinense, o time comandado por Umberto Louzer perdeu pela primeira vez, mas garantiu a vaga para a final do estadual.

Após derrota por 1 a 0 para o Criciúma no jogo de volta das semifinais nesta quarta-feira (5), a Chape venceu nas penalidades máximas, por 4 a 2 e se garantiu pela quinta vez seguida na decisão do Catarinense.

Na coletiva pós jogo, Louzer valorizou os atletas e enfatizou as dificuldades com a Covid-19, falta de tempo para treinar e dedicação dos jogadores. 

"Temos que dar os parabéns, não somente pela classificação, mas também pelo sacrifício e superação que nossos atletas têm tido no dia a dia. Superando a questão da Covid, lesões, tempo sem treinar. E hoje, graças a Deus, fomos abençoados com a classificação. O mérito é todo dos atletas, que tem se superado a cada dia. Mesmo com desgaste. É motivo de muito orgulho pra mim e para toda a comissão participar de um elenco como esse", afirmou o comandante.

Encontrando a Chapecoense na zona de rebaixamento ao chegar no time, Umberto Louzer precisou retomar a confiança da equipe e dos jogadores para alavancar o time no campeonato estadual.

"Quando você chega em um clube que está na última colocação, você tem que atacar o emocional. Fizemos isso de imediato. Tivemos algumas semanas para externar o que a gente acredita, mas acima de tudo isso, a ideia que foi comprada pelos atletas, eles acreditaram naquilo que a gente passava. O comprometimento e o engajamento deles fez com que a gente se transformasse e conseguisse essa classificação. É fruto do trabalho que eles vêm desenvolvendo e eles são merecedores de estar vivendo esse momento", ressaltou o treinador. 

Sem datas disponíveis no calendário, o Verdão pode decidir a final diante do Brusque somente em outubro, quando a equipe alviverde tem uma pausa na Série B do Campeonato Brasileiro.

"Vamos continuar com os pés no chão, ainda temos muito a crescer e a evoluir. Agora é vivenciar essas rodadas da Série B com força máxima e, quando tiver essa data, que a gente possa chegar bem equilibrado e fazer dois grandes jogos contra o Brusque. Queremos conseguir esse título que é sonhado por todos nós", finalizou Louzer. 

A Chape estreia na Série B no domingo (9) diante do Oeste, fora de casa, às 11h.

VAVEL Logo