De virada, Juventude estreia na Série B com vitória sobre CRB
Foto: Arthur Dallegrave/ E.C. Juventude

A primeira rodada do Brasileiro Série B de 2020, colocou frente a frente Juventude e CRB neste sábado (8). O time de Alagoas chegou embalado para o confronto após a conquista do Campeonato Alagoano, sobre o seu arquirrival CSA, mas acabou perdendo de virada por 2 a 1 para o time da Serra Gaúcha, que retornou para Série B após o rebaixamento na competição de 2018. A partida aconteceu no estádio Alfredo Jaconi. 

Com apenas 1 minuto e 40 segundos de jogo, Erik recebeu a bola na ponta esquerda, o meia fez bonito cruzamento que encontrou Léo Gamalho na área para finalizar para o gol. Com o gol relâmpago, CRB abriu a vantagem no placar.

Aos 9 minutos, a bola bateu no braço do zagueiro Xandão dentro da área. O árbitro Paulo Henrique assinalou pênalti e deu cartão amarelo para o zagueiro do CRB. Na cobrança, o camisa 10 do Juventude, Renato Cajá, cobrou no canto esquerdo do goleiro Victor Souza que fez bonita defesa.

Aos 34 minutos de jogo, o camisa 10 do Juventude se redimiu do pênalti perdido. Em um chute rasteiro de longe, a bola desviou no zagueiro do CRB e tirou o goleiro Victor Souza completamente do lance. O Juventude fez por merecer o gol com 56% de posse de bola e 9 finalizações, enquanto o CRB deu apenas 2 finalizações no primeiro tempo. As equipes foram para o intervalo em igualdade no placar em 1 a 1.

No segundo tempo, o Juventude seguiu em busca do gol. Aos 11 minutos, em saída de bola errada do CRB, Renato Cajá acionou o atacante Breno que colocou a equipe mandante em vantagem no placar.

Com a vantagem no placar, o Juventude recuou a equipe para aproveitar o contra ataque e a equipe alagoana avançou o time. A principal jogada do CRB ocorreu aos 37 minutos, quando Bill driblou seu marcador e acionou o atacante João Carlos que finalizou e parou no goleiro Marcelo Carné. No início do lance, a equipe visitante reclamou de pênalti cometido por Gabriel Mosquito em Bill, o árbitro nada marcou no lance.

Aos 45 minutos, o CRB conseguiu marcar seu gol de empate de cabeça com o zagueiro Ricardo. Porém a arbitragem assinalou impedimento em lance duvidoso.

Superioridade gaúcha

Mesmo com a vantagem, o time gaúcho teve mais uma boa chance antes do fim de jogo, após lançamento do goleiro, Breno finalizou e a bola foi travada pela marcação adversária.

O time mandante teve 52% de posse contra 48% do seu adversário. Além disso, os gaúchos tiveram mais finalizações, 15 contra 8 do CRB, e chutes no gol, 6 a 2 do visitante. Com a vitória o time gaúcho está na primeira colocação da tabela, podendo ser superado pelos times que completam a rodada.

Próximos compromissos 

O próximo confronto do Jaconero será contra o Sampaio Corrêa na terça (11) às 19h15, no Estádio Castelão. Já o CRB encara o Oeste, na quarta (12) às 17h, no Estádio Rei Pelé.

VAVEL Logo