Geninho vê Avaí superior ao Operário: "Mais uma vez ganhamos com merecimento"
Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC

Na noite dessa quarta-feira (2), o Avaí recebeu o Operário-PR e venceu a segunda seguida na temporada - 2 a 0, no estádio da Ressacada, em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro Série B. Os gols da terceira vitória do Leão da Ilha no campeonato foram feitos por Pedro Castro e Daniel Amorim. 

Apesar da satisfação com a vitória, para o técnico Geninho o time poderia ter feito mais gols.

"Foi um primeiro tempo com volume ofensivo bom. Criamos dois gols. Poderíamos ter feito até mais um ou dois, depois, é claro, com o cansaço de alguns jogadores que estão voltando, o time teve uma pequena queda. Acho que não podemos reclamar. Jogamos com um time que era segundo colocado. Talvez de todos os jogos foi o que menos sofremos".

Alguns jogadores que sofrem bastante cobrança da torcida, como o meio-campista Valdívia, tiveram melhor atuação no jogo de ontem e também foram elogiados pelo técnico durante a coletiva.

"O Valdívia foi mais participativo, até cumprindo algumas funções que não são de suas características normais, como ajudar na marcação. Isso fez ele se desgastar bastante. É claro que uma sombra sempre mexe. Quando um jogador sente meio folgado na posição, olha para os lados e não tem ninguém para incomodar, é claro que ele tem um tipo de rendimento. Quando tem alguém com chance pra incomodar, aí normalmente ele tende a responder de uma maneira mais positiva". 

 Sobre o desempenho do time da temporada, o time projeta atingir o ápice mais pra frente, mas acha difícil dizer em qual rodada.

"Principalmente porque a situação é completamente diferente da que nós vivíamos. Todo mundo trabalhou muito tempo individualmente em casa, por vídeo, a preparação não foi a ideal. Estamos vivendo, junto a isso, com alguns detalhes, contusões, jogadores com essa falta de preparação. As coisas vão melhorar, acho que o nível de jogo vai ser mais equilibrado". 

Outro tema que chamou muita atenção, principalmente depois do término da partida, foram os números. O Operário teve mais finalizações e mais posse de bola, apesar de estar jogando fora de casa. Porém, Geninho disse que o resultado dos scouts são contestáveis.

"18 finalizações do adversário, mas quantas defesas fez o Frigeri?! Às vezes o próprio zagueiro neutraliza, tinha bola que passava lá em cima. Jogador chutava por chutar. Quero evitar que ele fique cara a cara com o goleiro. Analiso assim: em termos de pressão, quais as chances reais que o adversário teve contra mim. Quais as grandes defesas que o adversário teve".

Com a segunda vitória seguida, o Avaí sobe para o décimo lugar, com nove pontos, ainda com um jogo a menos. O Leão reedita as quartas de final do Catarinense diante da Chapecoense no próximo domingo (6), às 11h, na Arena Condá.

VAVEL Logo