Atlético-MG comanda ações e vence Goiás em mais um show de Keno
Fotos: Pedro Souza / Agência Galo / Clube Atlético Mineiro

Time de melhor campanha no Brasileirão, o Atlético-MG superou mais um adversário neste sábado (10): o Goiás, lanterna do campeonato, que perdeu por 3 a 0 no Mineirão

A décima vitória do Atlético-MG em 14 jogos no Campeonato Brasileiro teve gols de Keno, Nathan e Marrony. Além da liderança, a equipe domina os principais índices do Brasileirão (maior número de vitórias, melhor ataque, saldo de gols e aproveitamento). 

Mesmo sem três titulares (Junior Alonso, Alan Franco e Savarino, que foram servir suas seleções nas Eliminatórias), o técnico Jorge Sampaoli surpreendeu ao escalar no time o jovem Sávio, de 16 anos. Ele teve boa chance para abrir o placar aos 20 minutos de jogo, quando ficou cara a cara com Tadeu, mas a bola bateu na barriga do goleiro e saiu para escanteio. O novato deixou o campo apenas no segundo tempo, quando foi preservado após machucar-se sozinho. 

O Atlético-MG pressionou o Goiás com domínio da posse de bola e jogadas com Arana e Keno pela esquerda, Nathan mais centralizado, Sávio e Guga na direita.

O time visitante não conseguia passar do meio de campo e resistiu às investidas até os 41 minutos, quando Eduardo Sasha recebeu de Keno e caiu após dividida com Tadeu dentro da área. O goleiro negou ter cometido a falta, mas a arbitragem assinalou o pênalti e o VAR não interferiu. Na cobrança, Keno deslocou o camisa 23 do Goiás e marcou o oitavo gol dele no Brasileirão.

Ainda no primeiro tempo, nos acréscimos, Arana lançou Keno na ponta esquerda, o atacante driblou David Duarte e cruzou na cabeça de Nathan, que estava livre de marcação e aumentou a vantagem do Atlético-MG.

A vitória parcial não acomodou o time mineiro, que continuou indo pra cima do Goiás. O esmeraldino encontrava dificuldades para reagir, enquanto Sampaoli aproveitou para dar oportunidade a outros jovens como Maílton e Dylan Borrero. 

Outro que entrou foi Marrony. Ele atuou por apenas 11 minutos, tempo suficiente para marcar o terceiro gol dele no Brasileirão. No lance, Breno perdeu a bola para Keno na intermediária, e o artilheiro do Atlético tocou para o companheiro de ataque. O ex-jogador do Vasco chutou duas vezes para conseguir balançar a rede de canhota.

Destaque da partida, Keno ainda carimbou a trave esquerda de Tadeu em chute colocado, mas o placar terminou mesmo 3 a 0. O goleiro, aliás, evitou um placar mais elástico ao defender chutes de Réver, Keno e Sávio. No total foram 23 finalizações do Atlético-MG contra apenas quatro do Goiás. 

O que vem por aí

Afundado na lanterna, o Goiás soma nove pontos em 12 jogos. Neste momento, Bragantino, Coritiba e Botafogo completam a zona de rebaixamento, enquanto o Atlético-MG mantém a liderança isolada com 30 pontos em 15 partidas.

Vice-líder do Brasileirão, o Flamengo é o próximo adversário do Goiás, que volta a campo na terça-feira (13) no Maracanã. Já o Atlético-MG tem um dia a mais para descansar, visto que entra em campo apenas no dia 14 contra o Fluminense.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore
VAVEL Logo