Brasil
goleia Bolívia com ótima exibição em campo e estreia com pé direito nas Eliminatórias
Qatar 2022
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Após quase um ano sem entrar em campo, o Brasil voltou a jogar nesta sexta-feira (9) diante da Bolívia, na Neo Química Arena, em partida válida pela primeira rodada das Eliminatórias Sul-Americanas à Copa do Mundo Qatar 2022. Com gols de Marquinhos, Roberto Firmino (duas vezes), Carrasco (contra) e Philippe Coutinho, os brasileiros venceram por 5 a 0.

Distribuição tática

Com algumas peças diferentes, o técnico Tite mandou o Brasil a campo no 4-3-3. Weverton no gol, Marquinhos e Thiago Silva na defesa, Danilo e Renan Lodi nas laterais. Philippe Coutinho, Casemiro e Douglas Luiz movimentaram o meio-campo para levar a bola ao ataque formado por Everton Cebolinha, Roberto Firmino e Neymar.

O treinador César Farías, por sua vez, escalou a jovem equipe da Bolívia no 4-5-1. Lampe no gol, Carrasco e Valverde na defesa, além dos irmãos Jesús Sagredo e Jose Manuel Sagredo nas laterais. Para formar a linha de cinco no meio-campo, os escolhidos foram Arabe, Bustamante, Wayar, Saldías e Miranda, enquanto o ataque foi movimentado somente por Menacho.

Com Bolívia omissa, Brasil aproveita para pressionar adversário desde o início ao fim da partida

Tanto no primeiro quanto no segundo tempo, o Brasil mandou na partida. A Seleção Brasileira teve total tranquilidade e domínio para atuar em campo durante os 90 minutos, enquanto os bolivianos não levaram perigo à meta dos anfitriões e apenas assistiram, de seu campo de defesa, o adversário jogar. Sendo assim, foi jogo de ataque contra defesa.

Com ritmo intenso, os brasileiros começaram a incomodar com apenas 45 segundos, em oportunidade que quase resultou em gol de Everton Cebolinha. O primeiro tento, porém, surgiu aos 16 com cruzamento preciso de Danilo para Marquinhos cabecear ao fundo das redes.

O Brasil ampliou com Roberto Firmino aos 30, que recebeu passe de Renan Lodi pela esquerda e empurrou a bola ao gol. Os comandados de Tite, aliás, poderiam aplicar goleada já na primeira etapa, mas não capricharam como deveriam em outras finalizações. Antes da ida ao intervalo, os canarinhos tiveram 80% de posse de bola, 11 finalizações (seis no alvo) e 390 passes (352 certos).

Para o segundo tempo, os anfitriões continuaram com a mesma postura e com o mesmo controle do jogo. Os bolivianos, todavia, apresentaram pouca melhora em relação à etapa anterior. O terceiro gol surgiu novamente nos pés de Firmino, que recebeu cruzamento de Neymar e finalizou sem possibilidade de defesa para Lampe aos quatro minutos.

O quarto tento contou com ajuda do adversário aos 21. Rodrygo, que entrou na vaga de Cebolinha e estava pouco tempo em campo, cabeceou a bola, desviou em Carrasco e foi ao fundo das redes. Por fim, o Brasil matou a partida aos 27 com Philippe Coutinho, que cabeceou a redonda no mesmo endereço.

Por fim, a vitória por 5 a 0 da Seleção Brasileira, diferente dos últimos confrontos, surpreendeu pela ofensividade imposta durante os 90 minutos e desempenho muito satisfatório. Uma atuação que o povo brasileiro não irá esquecer tão cedo.

Estatísticas

No geral, o Brasil teve 69% de posse de bola, 20 finalizações (nove no alvo, oito para fora e três travados), oito grandes chances (quatro perdidas), 12 finalizações de dentro da área e oito finalizações de fora da área, além de uma defesa do goleiro e 659 passes trocados (581 certos).

A Bolívia, por sua vez, teve 31% de posse, três finalizações (uma no alvo) e 298 passes (207 certos).

Próximos compromissos

As seleções voltarão a campo na terça-feira (13). A Bolívia irá receber a Argentina no Estádio Hernando Siles, em La Paz, às 17h, enquanto o Brasil viaja até Lima para encarar o Peru, às 21h, no Estádio Nacional.

VAVEL Logo