Geninho vê falta de atenção no gol sofrido pelo Avaí, mas considera justo empate com CSA
Foto: Reprodução/TV Avai

Após duas vitórias consecutivas, o Avaí ficou no empate em 1 a 1 diante do CSA, no Ressacada, pela 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro e perdeu a chance de encostar de vez no G-4. Porém, o técnico Geninho considerou um "resultado justo", já que a equipe Alagoana venceu cinco das últimas seis partidas disputadas.

"Foi um resultado justo. Não à toa o CSA venceu cinco das últimas seis partidas. É o time mais bem arrumado, organizado, na minha visão. Tivemos dificuldades para marcar a saída de bola, mas fizemos um bom jogo. A última chance nossa foi muito boa e poderíamos ter vencido, com o goleiro tirando com a ponta dos dedos. O empate fez justiça", disse Geninho.

O CSA saiu na frente com gol do zagueiro Luciano Castán, que subiu no meio da zaga e cabeceou. Geninho reconheceu ter faltado mais atenção no gol sofrido e não descartou fazer mudanças no sistema de marcação para a sequência da competição.

"Lances como esse que não podem acontecer. Trabalhamos muito essas bolas. É o gol que não pode tomar. O cara cabeceou entre os dois zagueiros altos que tenho. Temos que continuar trabalhando e acertando. Se continuar, teremos que mudar o sistema de marcação. O prejuízo é grande", completou.

Antes da partida o técnico Geninho soube que cinco pessoas entre jogadores e integrantes da comissão técnica do clube, testaram positivo para Covid-19.

"Estamos todos apreensivos. Ninguém pensa que está isento. Estamos tomando todos os cuidados e há orientação para se cuidar fora daqui também. É difícil. Não se sabe de onde aparece o infectado e no contágio de grupo é natural que se tenha o aumento. É ruim. Iremos sentir dificuldades. Espero que os casos parem nesses. Claro que a saída de um jogador prejudica a equipe, perde o ritmo e entrosamento. O Jean Martim fez falta, mas temos que conviver com isso. Serve de alerta para que todos nós nos cuidarmos", completou.

Com o empate o Avaí chegou aos 23 pontos e ocupa a quinta posição na tabela de classificação.

A Azurra volta a campo somente na terça-feira (20), quando visita o Juventude, no estádio Alfredo Jaconi, às 19h15, pela 17ª rodada da Série B.

VAVEL Logo