Lisca fala em 'acelerar o processo' para garantir acesso depois de nova vitória do América-MG
Foto: Mourão Panda / América

América-MG bateu o Juventude por 2 a 1 nesta terça-feira (24), em confronto direto na Série B, e abriu vantagem dentro do G-4. Com gols de Juninho e Rodolfo, o time abriu seis pontos para o Cuiabá, quinto colocado, e diminuiu a distância para quatro em relação à líder Chapecoense.

O técnico Lisca citou meta de pontos a serem alcançados até a tão esperada decisão nas semifinais da Copa do Brasil.

“Eu penso em fazer o melhor possível, o máximo de pontos nesses sete jogos que faltam até a partida contra o Palmeiras. Eram nove (jogos), já ganhamos dois e vamos procurar fazer pelo menos mais 15 pontos até essa decisão contra o Palmeiras, para nos últimos 24 pontos, depender de duas ou três vitórias. Queremos acelerar ao máximo o processo, não estamos contando ou preocupados com o que os outros estão fazendo. Nossa luta é com a gente mesmo, pela experiência nos pontos corridos, temos que chegar aos 64 pontos, no mínimo, o mais rápido possível, sem esperar as rodadas no final, pois realmente o campeonato já está encruado”.

O treinador sensação da Série B do Brasil manteve os pés no chão e afirmou que não há jogo fácil na competição.

“As pessoas podem achar que o Oeste está na ponta de baixo, que teríamos um pouco mais de facilidade, mas encaramos totalmente de maneira ao contrária. É um time que está lutando muito pela recuperação, sei bem qual é o espírito dessas equipes, pois passei várias vezes por isso. Um time que se reforçou, sempre cresce no segundo turno, tem a facilidade de trazer jogadores de times grandes de São Paulo. Os jogadores estão se mobilizando, vibraram muito na vitória contra o Brasil de Pelotas. Hoje perderam, mas foi só de 1 a 0. É um jogo dificílimo, vamos descansar bem para ver o que vamos articular para sexta-feira”.

O zagueiro Messias afirmou que “titulo é título” e busca repetir temporada vitoriosa de 2017.

“Uma rodada interessante, mas não estamos preocupados com os outros resultados. Só dependemos de nós. Vencendo, conseguiremos o objetivo. Um eventual tropeço da Chape é interessante. Almejamos grandes coisas. Um título é um título. Já tive a sensação de ganhar em 2017, mas focamos no nosso trabalho. Quando tomar o banho, chegar em casa, vai doer bastante. Tem que dar o máximo para sair com os três pontos”.

A próxima partida do Coelão será contra o lanterna Oeste, na sexta-feira (27), às 19h15.

VAVEL Logo