Bahia demite Mano Menezes e apura episódio de racismo
Foto: Divulgação / Bahia

Mano Menezes não é mais técnico do Bahia. Mesmo tendo um jogador a mais desde os dez minutos do primeiro tempo, o técnico do time baiano não conseguiu arrancar um resultado positivo no Maracanã. Depois do jogo, o Tricolor usou as redes sociais para anunciar a demissão. E ainda teve episódio de racismo envolvendo o profissional gaúcho.

Em relação à acusação de Gerson ao fim da partida, o clube se posicionará após apuração do fato. O volante do Flamengo acusou o colombiano Índio Ramírez, do Bahia, de racismo ao se referir a Gerson com um "cala a boca, negro!". Tal frase racista causou a fúria do atleta flamenguista, que foi relatar a Mano. Por sua vez, o técnico respondeu com desdém: "Aaaaaah... Agora virou malandragem?".

"O Esporte Clube Bahia comunica que Mano Menezes não é mais o técnico do Esquadrão. Nesta mesma ocasião, aproveitamos para anunciar que, em relação à grave acusação de racismo envolvendo o colombiano Indio Ramírez, o clube se posicionará em breve após finalizar a apuração do caso", disse o Bahia em nota oficial.

Mano deixa o Bahia na 16ª posição, com 28 pontos. São cinco derrotas consecutivas (contando Sul-Americana) e sete jogos sem vencer. Sem dúvidas, o trabalho do gaúcho à frente do Esquadrão de Aço é bem questionável.

VAVEL Logo