Na Argentina, Santos encara San Lorenzo em jogo de ida da terceira fase pela pré-Libertadores
Foto: Divulgação/Santos

San Lorenzo e Santos se enfrentam nesta terça-feira (6), no Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires, às 21h30. O duelo é válido pela ida da terceira fase da Copa Libertadores. Quem avançar garante vaga na fase de grupos da competição continental.

As equipes se enfrentaram pela oitavas de final da Copa Sul-Americana, em 2006. No jogo de ida, vitória dos argentinos, por 3 a 0. Na volta, o Peixe venceu por 1 a 0. Assim, o San Lorenzo ficou com a vaga.

Franco Di Santo é o destaque do San Lorenzo

Os argentinos avançaram após eliminaram a Universidad de Chile. No jogo de ida, empate em 1 a 1. Franco Di Santo marcou o gol do San Lorenzo. No jogo de volta, a equipe venceu por 2 a 0. Franco Di Santo, mais uma vez, e Angel Romero balançaram as redes.

Di Santo, ex-Atlético-MG, é uma das armas do San Lorenzo. Além dele, os irmãos Romero, Ángel e Oscar, também fazem parte da equipe. Mas só o primeiro deve ser titular. Os argentinos chegam embalados por duas vitórias no Campeonato Argentino.

Provável escalação: Devecchi; Andrés Herrera, Alejandro Donatti, Braghieri, Bruno Pittón; Palacios, Diego Rodríguez, Juan Ramírez; A. Romero, Di Santo e Franco Troyansky.

Lucas Braga deve ser titular na vaga de Ângelo

O Peixe eliminou o Deportivo Lara na segunda fase. Na primeira partida, na Vila Belmiro, o Santos venceu por 2 a 1. Vinícius Balieiro e Kaiky marcaram os gols dos brasileiros. No segundo jogo, ficaram no empate em 1 a 1. Soteldo marcou o gol da equipe.

Na última atividade antes da partida, o técnico Ariel Holan escalou Lucas Braga na vaga de Ângelo. Por outro lado, Kaio Jorge, com dores na coxa, e Sandry, que rompeu o ligamento do joelho direito, estão fora. Já Soteldo deve começar a partida no Banco de reservas.

Provável escalação: João Paulo, Pará, Kaiky Fernandes, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Vinícius Balieiro e Gabriel Pirani; Marinho, Marcos Leonardo e Lucas Braga.

Arbitragem

O árbitro Wilmar Roldán (COL) comanda a partida. Seus assistentes serão Miguel Roldán (COL) e Sebastian Vela (COL).

VAVEL Logo