Botafogo joga mal e empata com Nova Iguaçu no primeiro jogo da semifinal da Taça Rio
Foto: Vitor Silva / BFR

Na noite deste domingo (02), o Botafogo recebeu o Nova Iguaçu no Nilton Santos para o primeiro jogo da outra semifinal da Taça Rio, a partida terminou em 0 a 0. O que se viu em campo  foi um jogo bem fraco tecnicamente, aconteceu pouquíssima chances de gol e isso acabou deixando o jogo pouco atrativo.

  • Primeiro tempo truncado

Botafogo fazendo saída de três com um dos volantes encostando pra ser opção de passe, conseguia tocar bem ate a intermediaria, a partir dali tinha dificuldade pra superar a linha bem compacta do Nova Iguaçu. No momento defensivo o Botafogo jogou com as linhas média/baixas sem pressão no portador da bola até chegarem em sua intermediária.

Mesmo assim ainda teve uma boa alternativa que foi Pedro Castro com mais liberdade pra avançar e encostar no ataque, deu bons chutes de média de distancia que assustaram Luis Henrique. PV também se mostrou boa opção dando amplitude no lado esquerdo. 

Nova Iguaçu na saída de bola lenta com três jogadores na primeira fase de construção, quando tentou avançar achou pouco espaço. Sem bola jogou em bloco baixo, bem compacto e sofreu bem pouco.

  • Segundo tempo com pouca emoção

Segunda parte muito pobre de ambas as equipes. Botafogo estava muito estático, com baixa intensidade, não conseguia desenvolver seu jogo nem nos lados e no centro. Mesmo com as mudanças, o panorama do jogo do time de General Severiano não se alterou. 

Nova Iguaçu teve alguns momentos com a posse de bola e ao contrário do seu habitual (transições rápidas), tentava fazer construções mais elaboradas, com mais trocas de passes e menos velocidade, porém pouco criou.

A fraca atuação do Botafogo nessa partida gerou muita revolta da torcida, principalmente com o treinador Marcelo Chamusca. As equipes voltam a se enfrentar no próximo domingo (09), às 18 horas. 

VAVEL Logo