Adriano Rodrigues valoriza vitória do CSA contra o Brusque fora de casa
Adriano Rodrigues após Brusque 2 a 3 CSA (Centro Sportivo Alagoano / Divulgação)

O CSA conseguiu uma importantíssima vitória neste domingo (11). Jogando no Augusto Bauer, a equipe alagoana venceu o Brusque por 3 a 2 em jogo válido pela décima rodada da Série B 2021. Pouco a pouco saindo das proximidades da zona de rebaixamento do certame, Adriano Rodrigues, auxiliar técnico da comissão técnica fixa do clube, falou sobre a peleja em entrevista coletiva.

Na visão de Rodrigues, o Azulão do Mutange teve uma grande exibição. "Jogo difícil. A equipe do Brusque estava invicta na competição jogando em casa. É um time que tem um conjunto que faz muito tempo que joga junto. O CSA tem uma equipe de qualidade e mostrou que também pode ser ofensivo. Fizemos três gols e fizemos um jogo agressivo, que todos queriam que a equipe realizasse", comentou, após o triunfo na Série B.

Outra mudança valorizada pelo auxiliar técnico foi a atitude da equipe sem a bola. Um atleta, em especial, também foi elogiado. "Hoje a equipe foi guerreira, agressiva após a perda. Bruno Mota foi o artilheiro do estadual. Teve uma contusão e não pôde dar uma sequência. Foi entrando aos poucos e, com a saída do Guilherme Dellatorre, usamos ele como referência. Entrou bem, ajudou bastante a nossa equipe na bola aérea defensiva, atacou os adversários", finalizou Adriano Rodrigues. 

Apesar da vitória, o CSA teve uma exibição com menos destaque nas estatísticas. O Brusque, jogando no 4-4-2 de Jerson Testoni, teve 64% de posse de bola e vinte e uma finalizações (contra cinco do Azulão do Mutange), sendo cinco certas. No 4-2-3-1 de Adriano Rodrigues, a equipe alagoana teve quatro chutes certos em direção ao gol.

Na próxima rodada, o CSA recebe o Goiás, na quarta-feira (14), às 19h, pela 11ª rodada do certame. Será a primeira peleja de Ney Franco, novo treinador da instituição alagoana. 

VAVEL Logo