Morrinhos conta com a força e experiência do zagueiro Emílio na volta à elite do futebol goiano
Foto: Divulgação/Assessoria

Depois de ser vice-campeão da Divisão de Acesso em 2021, o Morrinhos está de volta à primeira divisão do futebol goiano em 2022 e tenta fazer uma boa competição. O clube manteve a base do acesso e fechou a renovação do técnico Giovanni Rosa. Além disso, investiu em contratações em algumas posições importantes, entre elas, a zaga.

O zagueiro Emílio, com passagens por Juazeirense e São Paulo-RS chega para reforçar o elenco e fala em ter pé no chão, já que a disputa da equipe é pela permanência na primeira divisão, mas ressalta união para alcançar os objetivos. Além disso, o atleta de 1,93 e bola aérea como principal ponto também comentou sobre a oportunidade de jogar em Goiás:

“Tenho a expectativa de fazer bons jogos, manter a regularidade e conseguir as metas junto com clube, uma vez que o clube vai vem, eu também irei, então isso é algo que tenho em mente, sempre essa ideia de grupo.“

Sobre a oportunidade de jogar no Morrinhos, Emílio elogiou a chance de estar em um campeonato como o goiano, com equipes de visibilidade e organização. Nas palavras dele, felicidade em estar na equipe:

“Fico feliz de receber esse convite de vir disputar o goiano, contra grandes equipes do futebol, times tradicionais, então é importante fazer grandes jogos e aparecer para o mercado, para conquistar coisas grandes. Já estive aqui, joguei contra clubes do Goiás na Série D, mas pela primeira vez vou disputar o goiano. Feliz demais em estar aqui no Morrinhos.”

Mesmo sendo um sonho distante, o Morrinhos pode pensar em vagas de Copa do Brasil e Série D. Dessa forma, Emílio diz que vontade não vai faltar, mas entende que o clube tem uma prioridade maior: a permanência:

“Nosso pensamento é manter o clube na primeira divisão. Ficando, a gente pensa em Copa do Brasil ou mesmo vaga na Série D, mas, claro, a primeira conquista é manter o Morrinhos na elite do futebol goiano. Não vou mentir e nem iludir o torcedor, mas é evidente que vontade não vai faltar.” 

 

VAVEL Logo