Dorival Júnior elogia Athletico, mantém foco na equipe e cita sistema de trabalho no Flamengo
Gilvan de Souza | Flamengo

Em tarde incrível no Maracanã, Flamengo faz goleada de 5 a 0 sobre o Athletico, neste domingo (14). A partida valeu pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, com o resultado, o Rubro-Negro é o vice-líder do campeonato, mas provisoriamente. O técnico Dorival Junior falou à imprensa após a goleada, analisou o jogo e revelou que estudou as deficiências do Athletico. 

"Fragilidades são relativas, até por que os jogadores de hoje não serão os mesmos de quarta. Por isso focamos no nosso time. Temos treinado essas situações para gerar gols, que estão acontecendo."

"Por isso, seguiremos focando na nossa equipe. Focar no adversário não é garantia de sucesso. O que tem que ser feito é treinar à exaustão várias jogadas no nosso dia a dia", completou.

Sobre o jogo de quarta-feira (17), pois o Flamengo decide a vaga nas semifinais da Copa do Brasil contra o Athletico, às 21h30 na Arena da Baixada, e o treinador do Flamengo afirmou.

"São situações distintas. O Athletico é muito forte. Hoje merecemos o resultado, mas não foi fácil. Até os 10 minutos da etapa final, havia um clima de impaciência. Mantivemos o time pois estávamos vendo um bom rendimento da equipe. Méritos para os jogadores. "

O comandante rubro-negro aproveitou para elogiar seu companheiro de profissão, Luiz Felipe Scolari.

"É um dos maiores vencedores da história do futebol. Vai ser muito difícil e espero que estejamos em uma grande noite para conseguir o resultado lá dentro."

  • Sistema de trabalho

Dorival Junior instituiu dois times diferentes para o Flamengo desde sua chegada. Na coletiva, ele falou sobre o sistema de trabalho 

"Trabalhamos as duas equipes com muita dedicação. São trabalhos paralelos. As duas equipes revezam os trabalhos táticos durante os treinamentos."

"Trabalhamos posicionamentos, movimentações e funções. Tudo isso os jogadores tem assimilado muito bem. Nos dá uma confiança de que o que é treinado será repetido em campo. Nós vemos os jogadores interessados, buscando soluções lá são 11 partidas sem tomarmos gol. Isso uma equipe que vinha se mostrando insegurança no sistema defensivo," completou Dorival Júnior.

VAVEL Logo