Neste domingo (07), o jornalista Flávio Prado divulgou informações ao possível novo técnico da Seleção Brasileira. De acordo com a apuração, Dorival Júnior, atual treinador do São Paulo, está em negociações avançadas com a CBF para se tornar o novo sucessor do comando do Brasil após a passagem de Fernando Diniz.

Dorival já está quase acertado com o presidente Ednaldo Rodrigues. Para finalizar seus trabalhos pelo Tricolor Paulista, deve se apresentar segunda-feira (08) pela manhã para treinar o elenco, mas à tarde deve embarcar para a sede da CBF no Rio de Janeiro para assinar contrato.

O treinador já tem uma carreira consolidada aqui em território nacional, conquistando 12 títulos, o mais recente foi a inédita conquista da Copa do Brasil com o São Paulo. Nesta temporada, venceu 25 jogos dos 54 que teve com o manto do Tricolor.

Além disso, já comandou times grandes como Flamengo, Fluminense, Santos, Palmeiras, Internacional e Vasco da Gama.

Já em títulos individuais, foi eleito melhor técnico do Paulistão em 2010, melhor treinador da Libertadores em 2022 e melhor treinador da Copa do Brasil em 2023. Além de ser considerado um dos 10 melhores técnicos do mundo pela IFFHS (Federação Intenacional de História e Estatística do Futebol).

E o São Paulo, como fica?

A diretoria do São Paulo já foi contatada a respeito das negociações e já está à procura de um novo técnico.

Complementando todos os dados coletados, Flávio Prado diz que a opção que mais chama a atenção do tricampeão mundial é o argentino Juan Pablo Vojvoda, atual treinador do Fortaleza.

Vojvoda foi vice-campeão da Sul-Americana, campeão da Copa do Nordeste e tricampeão Cearense  e ficou na décima colocação no Brasileirão pelo Leão do Pici. O treinador também conta com 41 vitórias em 78 jogos pelo Fortaleza.

Mas com a saída de Dorival, o Soberano pode ficar perdido com uma nova estruturação e com a Supercopa do Brasil que acontece no dia 03 de fevereiro contra o Palmeiras.